Procer Tecnologia cresce 30% no primeiro semestre de 2021 e visa América Latina

Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio fechou o ano de 2020 com uma expansão recorde de 24,3%

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio fechou o ano de 2020 com uma expansão recorde de 24,3%, em comparação ao ano anterior, segundo Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Não à toa, o setor vem demandando cada vez mais inovação para manter esse crescimento e a qualidade dos produtos.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Empresas desenvolvedoras de tecnologia sentiram o aumento da procura de soluções, mas a estratégia de negócio é o que resulta em como elas vão se sobressair diante dos concorrentes. É o caso da Procer Tecnologia, empresa que leva soluções em controle de temperatura e umidade no pós-colheita de grãos, que teve um crescimento de 30% na receita no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado (2020).

Para o co-fundador da Procer, Murilo G. Schneider, o mercado é favorável para o agronegócio, mas são necessárias estratégias para a expansão dos negócios: “Certamente o cenário é positivo e com isso tivemos o aumento da demanda por tecnologias. Mas, atribuímos o nosso crescimento ao plano de negócio que traçamos. Entre as estratégias, tivemos o aumento do time de colaboradores de 80 para 130 desde o começo do ano, fortalecendo todos os setores da empresa, desde o comercial, marketing, tecnologia e operações. Além da mudança na gestão de pessoas, em que adotamos a metodologia ágil das equipes. Sentimos os impactos dessas mudanças diretamente na nossa receita”, afirma o executivo.

Para os próximos meses, a empresa quer expandir os negócios para mais países da América Latina – a empresa já atua em dez países do continente – e seguir com a expansão da estrutura: “Entendemos que essa tendência deve se propagar para os países vizinhos e queremos ser os primeiros a levar tecnologia para o gerenciamento de silos. Junto a isso, vamos aumentar a nossa equipe de comercial e de tecnologia, pois queremos oferecer uma consultoria mais customizada para o nosso cliente e desenvolver novas soluções”, finaliza o cofundador, Murilo G. Schneider.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.