Procedimentos via Sus podem ser consultados online

A partir de agora, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Santa Catarina, que aguardam por consultas, exames, intervenções cirúrgicas e outros procedimentos nos estabelecimentos da rede pública de saúde, terão acesso ao andamento desses serviços on line. Por meio do portal WebService www.saude.sc.gov.br, o usuário acessa o link que encontra-se abaixo do menu azul, à esquerda da página. A publicização das filas de espera do SUS de Santa Catarina na internet cumpre o Decreto nº 1.168, de 29/05/2017, que regulamenta a Lei estadual nº 17.066/2017, de 11/01/2017.

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, informou que há 471 mil pessoas aguardando por algum procedimento. “Além da transparência das ações regulatórias para a sociedade, o serviço permitirá o gerenciamento e controle das filas de espera do SUS, maior capacidade fiscalizatória, a otimização dos recursos, o fortalecimento do processo de regionalização”, destaca.

De acordo com a superintendente de Serviços Especializados e Regulação, Karin Geller, o portal também será fundamental para fazer planejamentos de ações de saúde para os próximos anos. “O planejamento existia, mas sabendo a realidade da demanda reprimida, as ações para os próximos anos são mais fidedignas. Tendo o conhecimento de quantos procedimentos, exames e cirurgias estão aguardando para serem realizadas, podemos trabalhar com dados concretos”, explica.

Tire suas dúvidas:

  1. Quem terá direito a publicizar a Lista de Espera por meio da ferramenta webservice da SES?

Terão direito a publicar sua lista de espera no sistema webservice da Secretaria de Estado da Saúde, exclusivamente os municípios que fizerem adesão ao Sisreg.

  1. Onde será publicada a Lista de Espera?

A Lista de Espera será publicada em um sistema webservice desenvolvido pela Gerência de Governança em Tecnologia da Informação, em parceria com Gerência dos Complexos Reguladores, da Superintendência de Serviços Especializados e Regulação, ambas as gerências da SES.

  1. Os municípios terão algum custo para a utilização da ferramenta webservice para Publicização das Listas de Espera?

Não. A adesão ao Sisreg e respectiva implantação da Central de Regulação contemplará automaticamente o uso da ferramenta webservice. Sendo assim, o gestor municipal não precisará investir para adquirir ou desenvolver sistemas para atender à Lei 17.066/2017.

  1. Quem será responsável por alimentar a ferramenta webservice para Publicização das Listas de Espera?

Cada Central de Regulação que tenha em posse o login de acesso de Administrador do Sistema Sisreg. Em Santa Catarina tem 59 Centrais de Regulação Ambulatoriais Municipais e uma Central Estadual de Regulação Ambulatorial (CERA), totalizando 60 centrais ativas.

  1. Quais são as informações que precisam ser atualizadas no sistema webservice de Publicização das Filas de Espera?

Posição da Fila e Estimativa de Atendimento; Pacientes Agendados e Atendidos.

  1. Como o paciente acessará sua posição na Lista de Espera?

O paciente deve acessar o link https://listadeespera.saude.sc.gov.br/. Após isso, as pesquisas poderão ser realizadas pelo documento do paciente (CPF ou Cartão Nacional do SUS) ou por Central de Regulação e Procedimento (acessando Lista de Espera).

 

home_destaque