Anúncio

Primeira ONG no Brasil com foco na pessoa idosa LGBT chega em Santa Catarina

Para celebrar a chegada da primeira organização com foco em pessoas idosas LGBT em Santa Catarina, a ONG Eternamente Sou promove um evento intitulado Café e Memórias, no sábado, dia 29 de agosto. Totalmente online, o encontro, que tem como tem o Universo mágico de Santa Catarina, contará com diversas apresentações e poderá ser acompanhado pelo Google Meet através deste link (http://meet.google.com/jdm-heag-mdt). A ação tem por objetivo a socialização de pessoas idosas LGBT e a discussão de temas pertinentes da sociedade.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Anúncio

A ONG, que existe desde 2017, é o primeiro centro de referência e convivência LGBT50 + no Brasil. A iniciativa, sem fins lucrativos e que conta com mão de obra 100% voluntária, atua em prol das pessoas idosas LGBT oferecendo atendimento psicossocial.  Além de desenvolver um trabalho integrado e multidisciplinar, a fim de favorecer a inclusão social e protagonismo destas pessoas, a ONG preza por uma velhice digna, saudável e com todas as garantias de direitos humanos e promoção da cidadania LGBT.

São oferecidos atendimentos gratuitos de psicólogos, consultorias jurídicas, oficinas de canto coral, sensibilizações em empresas e eventos que favoreçam a construção de políticas públicas e consciência social, mobilizando parceiros para a integridade da velhice LGBT.

Neste primeiro momento, durante a pandemia, as atividades oferecidas no polo de Santa Catarina, são os encontros diários via Google Meet, curso de espanhol online e encontros de socialização online, como o Café e memórias LGBT50+.

A meta da ONG é que até o mês de dezembro já esteja formada a equipe de voluntários para que possam ser disponibilizados os demais serviços.

Em Florianópolis a sede física conta com a coordenação de Celso Rabetti e está instalada na Rua João Henrique Gonçalves, 1635, Casa B, no Canto dos Araçás.

Quem pode participar?

As atividades da ONG têm foco nas pessoas LGBT maiores de 50 anos, no entanto, não há limitação, “todes” podem participar dos eventos online, salas de Meet, lives, independentemente da idade, orientação sexual, gênero, raça e credo, desde que respeitem a diversidade.

Já os serviços específicos como atendimento psicológico, jurídico e ações assistencialistas são destinadas somente a pessoas LGBT50+.

Para participar

E para fazer parte das ações regulares da ONG, é preciso enviar uma mensagem de WhatsApp ou fazer uma chamada telefônica para o coordenador Celso Rabetti, pelo telefone (11) 95961-4932 ou entrar em contato pelo email eternamentesousc@gmail.com.

Sobre a Eternamente Sou

É uma ONG (Organização Não Governamental), apartidária e sem fins lucrativos fundada na cidade de São Paulo. Em apenas três anos, desde sua fundação em 2017, mais de 500 idosos foram atendidos. Certificada pela Secretaria de Direitos Humanos com o selo na categoria Ativismo LGBT´s idosos, a ONG já promoveu 25 encontros de socialização, conquistou cinco prêmios, como Rei e Rainha da melhor idade, Miss Transsex, Festival Mix Brasil e Papo Mix Tv. Realizou três seminários com o objetivo de promover políticas públicas à população LGBT50+, considerado o maior evento sobre o tema em toda América Latina. Maiores informações no site www.eternamentesou.org.

 

 

 

Com informações De Olho na Ilha

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.