Postos já estão sem combustível em Criciúma

Movimento realizado pelos caminhoneiros em diversos trechos de rodovias já começa a impactar no abastecimento

Motoristas fizeram fila em postos de Criciúma por receio de falta de combustível, a corrida fez com que alguns deles já estejam sem estoque. O proprietário de um posto no bairro Mina Brasil, fechou seu estabelecimento por volta das 13 horas, desta quinta-feira, 9. “O estoque de nosso giro que trabalhamos diariamente acabou. Por isso fechamos”, lamenta.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

O motivo é o movimento realizado pelos caminhoneiros em diversos trechos de rodovias estaduais que já começa a impactar no abastecimento em postos da região. Em alguns casos, os estoques dos postos devem durar entre dois e três dias. No entanto, a alta procura por abastecimento nos últimos dias acelerou a escassez.

Foto: Caroline Sartori

O proprietário da rede de postos de combustíveis MHD de Criciúma, Henrique Borba, informou na tarde desta quinta-feira, 9, que em seu estabelecido só será permitido o valor de até R$ 100,00 por pessoa. De acordo com ele, a medida foi tomada para continuar a atender os clientes. “O estoque que temos dará até para amanhã, sexta-feira. Se não voltar ficaremos esperando até a situação normalizar”, disse ele.

Foto: Caroline Sartori

Em outro posto de combustível, o gerente Felipe Spillere conta que o volume de vendas de ontem (quinta-feira) até esta sexta-feira, foi expressivo. “Estamos somente com gasolina aditivada no momento, sendo que recebemos um comunicado de que a base está carregando e em breve um caminhão carregado chegue até nosso estabelecimento em poucas horas”, estima.

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.