Ponte Anita Garibaldi entra no clima das Olimpíadas

Ação é promovida pela concessionária CCR ViaCosteira

A Ponte Anita Garibaldi está com as cores verde e amarela para celebrar nossos atletas Brasileiros nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Desde o dia primeiro de julho a ponte ganhou uma iluminação especial, alusiva ao mês que marca a abertura dos jogos mundiais. A ação é promovida pela concessionária CCR ViaCosteira, e o intuito é mostrar como o esporte pode inspirar a sociedade na união, determinação, foco e coragem em tempos tão difíceis.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

A cerimônia de abertura aconteceu nesta sexta, dia 23, às 8 horas (horário de Brasília), na capital Tóquio no Japão, escolhida para sediar os Jogos Olímpicos, a capital japonesa chama a atenção por sua cultura e inovação. E, nesta edição, o Comitê Olímpico Internacional (COI) apostou em cinco novas modalidades: beisebol-softbol, karatê, escalada, surfe e skate.

De acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a delegação verde-amarela conta com 304 atletas e outros 18 substitutos. Para os catarinenses, a torcida terá 15 atletas nascidos no Estado. O grupo é bem versátil, de diversas modalidades e mescla estreantes e nomes com bastante história nas Olimpíadas. Entre os novatos estão os skatistas Isadora Pacheco, Yndiara Asp e Pedro Barros. E no time dos mais experientes está a jogadora de handebol Eduarda Amorim, que vai para a quarta participação e se prepara para aposentar a camisa da seleção brasileira.

Conheça os 15 atletas nascidos no estado e que irão representar o Brasil na terra do sol nascente :

Beatriz Linhares (ginástica rítimica), Isadora Pacheco, Pedro Barros , Yndiara Asp ambos na modalidade ( skate park ) de  Florianópolis; Darlan Romani (arremesso de peso) de Concórdia;  Eduarda Amorim , Rudolph Hackbarth (handebol)  e Matheus Corrêa (marcha atlética) de  Blumenau; Eliane Martins (salto em distância) – Joinville; Júlia Bianchi (futebol) – Xanxerê; Rangel da Rosa (handebol) – Seara; Raquel Kochhann (rúgbi) – Saudades; Rodrigo do Nascimento (100m atletismo) – Itajaí;  Rosamaria Montibeller (vôlei) – Nova Trento e Simone Ferraz (3.000m com obstáculos) – Ponte Serrada

Além dos 15, a CCR ViaCosteira lembra atletas catarinenses que já conquistaram medalhas olímpicas, de nomes como Fernando Scherer, o Xuxa, que ficou com o bronze em Atlanta em 1996 na prova dos 50m nado livre, ele repetiu o terceiro lugar quatro anos depois, em Sidney, no revezamento 4x100m livre. Também em Atlanta no vôlei feminino, a blumenauense Ana Moser foi bronze após a seleção derrotar a Rússia na disputa pelo pódio. Tonho Gil de Criciúma, e Valdo, nascido em Siderópolis, conquistaram prata no futebol masculino na década de 80. Tonho foi o primeiro a conquistar uma medalha olímpica para Santa Catarina (prata em Los Angeles, em 1984).  Andréia dos Santos, conhecida no futebol feminino como Maycon, é a quinta catarinense medalhista olímpica.

A CCR ViaCosteira acredita na importância do esporte dentro e fora da companhia e aproveita este ano especial para manifestar, celebrar, comemorar e torcer pelo nosso Brasil, o Grupo CCR compartilha desse sentimento nesse evento tão importante para o esporte mundial.

Vamos Brasil!!!!

Eu vou de verde e amarelo e como você vai?

 Sobre a CCR ViaCosteira :

A CCR ViaCosteira é responsável pela administração de 220,4 quilômetros da BR-101, no Sul do estado de Santa Catarina, região de grande importância agroindustrial e turística por contar com algumas das mais belas praias do Brasil. A concessão passa por 19 municípios, entre Palhoça e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul. A ViaCosteira responde, ainda, pela operação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, e pelos Túneis Morro do Agudo, em Paulo Lopes, e Morro do Formigão, em Tubarão.

 Sobre o Grupo CCR:

 Fundado em 1999, o Grupo CCR é atualmente uma das cinco maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina e considerada a líder do segmento no Brasil, com a gestão de 18,4% do total de rodovias sob controle da iniciativa privada. Tendo o pioneirismo e a inovação como marcas, a CCR criou em 2018 quatro empresas independentes, que agrupam as unidades de negócios por temas afins, e são as responsáveis pela gestão da companhia e por desenvolver e pesquisar novas oportunidades no mercado primário e secundário, dentro e fora do Brasil. São elas: CCR Lam Vias, CCR Infra SP, CCR Aeroportos e CCR Mobilidade. Nessa reestruturação, como forma de atualizar e melhorar a estrutura de Governança, processos decisórios e os mecanismos de controle, foram criadas as vice-presidências de Gestão Corporativa e de Governança, Compliance e Auditoria Interna, em linha direta de reporte ao Conselho de Administração. O Grupo conta com as práticas de Governança Corporativa reconhecidas no mercado, atendendo regras do Novo Mercado da B3 (a CCR foi a primeira empresa ingressar nesta categoria). Além do Brasil, a CCR está presente, por meio de suas unidades, nos EUA, Curaçao, Equador e Costa Rica. Com mais de 15 mil colaboradores, a CCR se orgulha em contribuir, diariamente, para uma sociedade com mais infraestrutura, segurança, conforto e qualidade de vida para milhões de cidadãos mundo afora.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.