Polícia Militar Rodoviária inicia a Operação Carnaval 2018

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) inicia ás 20 horas de hoje a Operação Carnaval 2018, que se estende até a noite de terça-feira, 13. A PMRv de Içara trabalha juntamente com a PM (Polícia Militar). A prioridade é a fiscalização das rodovias, em especial as que ligam ao Balneário Rincão e ao Balneário Arroio do Silva. Nas barreiras montadas, serão passadas orientação aos motoristas quanto aos riscos de acidentes relacionados ao consumo de álcool e excesso de velocidade. Radares móveis também serão utilizados.

O Comandante do posto da Polícia Militar Rodoviária de Içara, Anisio de Sousa Fraga pede para que os motoristas fiquem atentos e tenham responsabilidade quanto às conduções perigosas e falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças). “Como teremos vários eventos nessa região durante o feriadão, repassamos aos condutores que tenham cuidado e atenção nas sinalizações das obras da SC-445, principalmente no período noturno. Pedimos também que respeitem os limites de velocidade, mantenham os faróis acesos durante o dia, preservem a sua própria segurança com o uso do cinto e principalmente, que evitem o uso do celular no volante, que tem causado vários acidentes”, alerta Fraga.

 

Dirigir sob a influência de álcool: infração gravíssima

Com o aumento do fluxo de veículos em regiões de festas tradicionais, como no Balneário Rincão e no Arroio do Silva, em Araranguá, a PMRv e a PM irão se concentrar com barreiras policiais. Por conta da preocupação com motoristas dirigindo após o consumo de álcool, o teste do bafômetro também será intensificado nessas regiões. “Faremos operações de Lei Seca em todas as noites do Carnaval na região. Esperamos que todos se divirtam com responsabilidade e que ao final voltem para casa com segurança”, desejou o Comandante.

A Polícia Militar Rodoviária lembra que dirigir sob a influência de álcool é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por um ano, além de multa de R$ 2.934,70. Esse valor dobra para o motorista reincidente no período de doze meses e a mesma multa é aplicada ao condutor que se nega a se submeter ao teste do bafômetro.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.