Anúncio

Peruqueira devolve autoestima de mulheres em tratamento contra o câncer

Estima-se que, em média, 66 mil novos casos de câncer de mama possam ser descobertos em 2020, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Um dos possíveis tratamentos a ser indicado para o paciente, a quimioterapia, pode causar alguns efeitos colaterais temporários, como a perda de cabelo total ou parcial. E foi justamente vontade de ajudar a recuperar a autoestima de mulheres em tratamento contra o câncer que motivou Inês Alexandre a abrir uma loja de perucas no Criciúma Shopping, a Veronica Hair, há quase 25 anos.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Anúncio

Inês sempre trabalhou como peruqueira, porém o nascimento do negócio veio da necessidade de tentar amenizar a dor daquelas mulheres que sofrem com o câncer e com os efeitos da quimioterapia. Segundo ela, na época em que abriu o estabelecimento, as pessoas ainda tinham preconceito com perucas. Por isso, não era comum a confecção dos cabelos no Sul catarinense. Algo que mudou bastante quando comparado ao cenário atual.

A lojista se emociona ao lembrar do começo. “As pessoas chegavam em mim e falavam: ‘agora eu vou fazer quimioterapia, ficar careca e eu vou ter que andar com lenço, porque me falaram que para encontrar uma peruca é só em São Paulo. E chega lá em São Paulo, não é fácil encontrar uma peruca bonita’. A gente pesquisa e analisa muito para achar uma peruca bonita no mercado”, conta.

O cuidado com as madeixas e a preocupação com a autoestima das mulheres são características que a lojista tem desde pequena, por incentivo da avó. “Ela gostava muito de mexer com cabelos, achava que tinha que inventar alguma coisa para que as pessoas ficassem ainda mais bonitas. Então eu vim com essa ideia desde criança”, relembra. Tanto foi o amor passado de geração a geração, que a loja carrega o nome da avó, chamada Verônica.

E o apoio vai além da recuperação da autoestima. Inês vai até as casas das clientes para realizar o corte do cabelo e, com palavras de coragem e fé, dá a força necessária para que elas enfrentem o momento de dificuldade. Pela proximidade que tem com essas mulheres, Inês estabeleceu relacionamentos de amizade com várias clientes. “E aí tem aquela hora que elas vão raspar a cabeça. É uma dor muito forte, porque mexe muito com a vaidade da mulher. E quanto mais próxima a cliente for, mais a gente sofre na hora que vai raspar. Parece que faz parte da família”, revela a peruqueira.

Histórias transformadas por fios de cabelos

Ana* foi uma das clientes que teve a autoestima recuperada pela peruqueira. Durante o tratamento contra o câncer, ela passou pelo corte do cabelo e não se adaptou ao uso de lenços. “A indicação da peruca mudou a minha vida e melhorou a minha autoestima. Como estou me sentindo bem! Essas perucas são maravilhosas. Nunca vou me esquecer da Inês, de ela ter colocado na minha cabeça que isso iria me ajudar, e realmente ajudou bastante”, salienta a cliente.

Ana saiu da loja de Inês mais feliz, com a autoestima recuperada e mais forte para enfrentar o tratamento. Hoje, já com o cabelo crescido na altura dos ombros, está se preparando para colocar uma extensão capilar, também confeccionada pelas mãos da peruqueira.

Fios transformados em perucas

Os cabelos naturais chegam até a loja por meio de pessoas interessadas em vender suas madeixas. A partir daí, os fios são transformados em perucas. Porém, grande parte dos cabelos comercializados pela loja são feitos de materiais orgânicos, em laboratório, e parecem muito com fios naturais. Inclusive, as perucas orgânicas aceitam modeladores de cacho, secador e outros equipamentos semelhantes, com temperaturas até 120 graus.

No passado, a peruqueira confeccionava as perucas vendidas na loja. Entretanto, agora trabalha sozinha no estabelecimento e não sobra tempo para a produção. Além das perucas, Inês comercializa extensões de cabelo (também chamados de aplique e mega hair), que são feitas por ela mesma.

Programação especial para o Outubro Rosa

Criado na década de 1990, o Outubro Rosa é uma campanha internacional que busca proporcionar mais debate e conscientização sobre o câncer de mama, além de promover a desmistificação do autoexame e, consequentemente, o diagnóstico precoce da doença. Com esse embasamento, o Criciúma Shopping dá continuidade à campanha “Previna com amor”, iniciada com o Setembro Amarelo.

Durante todas as quartas-feiras do mês de outubro, o Instagram do Criciúma Shopping (@criciumashopping) será palco de uma programação especial de lives com profissionais de saúde e da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Criciúma.

As datas e horários podem ser conferidos abaixo:
• 07/10 – 16h – Mastologista Erik Winnikow, com o tema: “A importância da campanha Outubro Rosa para conscientização e prevenção”;
• 14/10 – 16h – Rede Feminina de Combate ao Câncer, com o tema: “Alertar para salvar: projetos e serviços da RFCC de Criciúma”;
• 21/10 – 10h – Psicóloga Carina Mengue, com o tema: “Cuidado com a saúde mental pós diagnóstico de câncer de mama”;
• 28/10 – 20h30 – Oncologista Fernanda Dal Toé, com o tema: “Tratamento e recuperação do câncer de mama”.

*Nome fictício para preservar a identidade da fonte.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.