Pela primeira vez em seis meses a ocupação de leitos Covid-19 está menor que 80% no Estado

O Governo de Santa Catarina registrou a menor taxa de ocupação de leitos Covid-19, nos últimos meses, de acordo com a atualização desta quinta-feira, 15. Até às 11h16, a taxa estava em 79,58%, sendo 216 leitos disponíveis dos 1.058 ativos. Desde fevereiro, a SES não registrava uma taxa de ocupação menor que 80% nestes leitos.

“Preparamos toda a nossa rede hospitalar para o enfrentamento à pandemia. Criamos 993 leitos de UTI adulto para Covid-19 e agora avançamos em outra frente que é a vacinação. À medida que ela progride no estado, os números melhoram, o que permite o retorno gradual e responsável das atividades em Santa Catarina”, ressaltou o governador Carlos Moisés.

A Grande Florianópolis é o maior destaque, com menos da metade dos leitos ocupados por pacientes Covid – a taxa é de 49,63 %. No Sul do Estado, a ocupação também está abaixo dos 80%, assim como no Grande Oeste. As regiões com taxa de ocupação ainda mais altas que a média estadual são as do Vale do Itajaí e do Planalto Norte e Nordeste, porém nenhuma delas com mais de 95%.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Segundo o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, o apontamento evidencia os esforços do Governo do Estado no combate ao Coronavírus e demonstra que a vacinação está fazendo efeito. “Quanto mais vacina, menos internação. A expectativa é que esses números melhorem nas próximas semanas e meses, quando estimamos aplicar ainda mais doses de vacinas. Só de D2, nós projetamos 600 mil até o final de julho”, destacou Motta Ribeiro.

Nesta semana, a SES divulgou que já aplicou mais de 4 milhões de doses, desde o início do calendário vacinal.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.