Papo no Legislativo discute a importância de falar sobre suicídio

Encontro foi comandado pelo vereador Manoel Rozeng

Foi realizada nesta quarta-feira (22), mais uma edição do podcast  Papo no Legislativo. Desta vez, o vereador Manoel Rozeng (DEM) comandou uma conversa sobre a Campanha Setembro Amarelo e a importância de falar sobre a prevenção de suicídios, com a participação da psiquiatra Simone Lespinasse Haag e das psicólogas e voluntárias do CERES, Regina Stela Matos Damázio e Anelise Daltoe Borges.

Conforme a psiquiatra, quando uma pessoa pensa em cometer o ato de suicídio, não é por um motivo, mas sim resultado de ações multifatoriais. “A gente tem que pensar que pode ser por fatores genéticos, uso de drogas, transtornos mentais, situações de abuso físico e psicológico”, explicou.

“Nós temos que observar também o modo de vida das pessoas, as exigências de ser cada vez melhor. A cobrança de si mesmo e também a cobrança dos outros em cima da vida dela”, enfatizou a psicóloga Anelise.

Segundo o vereador proponente, o suicídio é classificado como um importante problema de saúde global, que afeta todas as idades. “O relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) relevou que acontecem 800 mil mortes por ano por conta do suicídio, mais que a malária, o câncer de mama, a guerra e os homicídios”, afirmou.

A psiquiatra destacou que é preciso atenção com frases de “eu não queria ter nascido”, “não aguento mais tudo isso”, “gostaria de sumir”. Além de pessoas que se afastam das pessoas, de familiares e estão sempre irritadas.

Durante o podcast foi abordado ainda o serviço realizado pela CERES, onde é oferecido suporte de psicólogos, prevenção ao suicídio e também tratamentos. O contato pode ser feito através do telefone (48) 99938-4459.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.