Padres Manoel e Silvestre celebram 60 anos de sacerdócio

Eles são os padres mais idosos da Diocese de Criciúma. Também são os que completam mais tempo de ordenação e de serviço em suas paróquias, onde já foram párocos e atualmente são vigários. Os padres Manoel Odorico Francisco e Silvestre Junkes celebram seus 60 anos de sacerdócio. O jubileu será comemorado de forma individual: cada presbítero celebrará com seus paroquianos, em datas diferentes.

Padre Maneca, como é chamado na Paróquia Nossa Senhora da Salete, em Criciúma, celebrará missa nesta sexta-feira, 01, às 20h, na igreja matriz, no bairro Próspera. Padre Silvestre celebrará com a comunidade da Paróquia São Miguel Arcanjo, em Vila Nova, Içara, no domingo, 03, às 10h. Logo após, às 11h30min, será lançado o livro “Memórias de Padre Silvestre Junkes – sacerdote e operário da obra divina”, de autoria de Elza de Mello Fernandes.

O mesmo serviço à Igreja de Cristo e uma amizade cultivada, de maneira estreita, até hoje. Os caminhos que ligaram os seminaristas Manoel e Silvestre, na década de 40, no Seminário em São Ludgero, permanecem até hoje, com visitas semanais de padre Maneca à casa de padre Silvestre, este último afastado das atividades em razão de sua saúde frágil, há cerca de quatro anos. Padre Manoel está há 56 anos a serviço da comunidade católica da grande Próspera, enquanto padre Silvestre está na paróquia de Vila Nova, que antes abrangia até o litoral, desde que foi criada, em 1973.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.