Operação recolhe moradores em situação de rua de obra abandonada

Recolher moradores em situação de rua que estavam alojados de forma irregular, na obra abandonada pela empresa Criciúma Construções, no bairro Santa Bárbara. Este foi o serviço feito nesta sexta-feira, 9, pela Secretaria de Assistência Social e Habitação de Criciúma, Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compedec) em parceria com o 9° Batalhão da Polícia Militar (BPM). Durante a ação três pessoas foram encaminhadas aos serviços oferecidos pelo município.

A mobilização partiu de uma moradora da rua deste condomínio e teve o apoio da Associação de Moradores do Bairro Santa Bárbara. “Nós organizamos essa operação com objetivo de identificar pessoas que ocupam esse local frequentemente, fazendo uso de drogas e até mesmo passando a noite. Chegaram, inclusive, denúncias de agressão de um masculino a uma feminina. Conseguimos abordar esse cidadão aqui”, informou o comandante do 9° BPM de Criciúma, tenente-coronel Evandro de Andrade Fraga.

As pessoas recolhidas foram encaminhadas ao Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop). Também foram encontrados no prédio objetos de outras pessoas que já passaram pelo local, como roupas, colchões, cobertores e brinquedos. “Esses materiais foram recolhidos e serão descartados, visto que não estão em condições de reutilização”, informou o secretário de Assistência Social e Habitação, Paulo César Bitencourt.

Outros serviços

A Prefeitura de Criciúma ainda conta com a Casa de Passagem São José para atender moradores em situação de rua. A Casa de Passagem está localizada na Rua Giácomo Sonego Neto, no bairro Santa Bárbara, e funciona todos os dias, das 19h às 7h. O Centro Pop está situado na Rua Martinho Lutero, no bairro Pinheirinho, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.