O outono chegou, veja como ficará o tempo durante a nova estação

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

O que são os fenômenos El Niño e La Niña? Quando o Sul terá alívio para o tempo seco e quente? Como será o tempo no Brasil ao longo do outono neste ano? O doutor em meteorologia Marcelo Schneider, coordenador regional do Inmet, o Instituto Nacional de Meteorologia, órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, respondeu a estas perguntas e esclarece como será o tempo com a chegada do outono, nesta sexta-feira.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Schneider explicou que neste ano a principal dúvida do produtor é o que aconteceu com o tempo para que houvesse maior concentração de chuvas do Centro-Norte e Nordeste do país. “Nesse ano o culpado não é o Oceano Pacífico, não. Tem duas áreas em potencial que estão sendo responsáveis pela seca em parte do Sul e pela chuva no Nordeste. Esta área do Pacífico está fria e esta aqui, a grande novidade, toda a parte do litoral do Nordeste está com água quente no Oceano Atlântico, e estão sendo os responsáveis por provocar mais chuva, principalmente nesta área Centro-Norte do Brasil”, esclareceu.

Os fenômenos

Embora as consequências possam ser similares, Schneider explicou que o fato não se deve à ocorrência de fenômenos e evidenciou as diferenças entre El Niño e La Niña.

No El Niño, as águas do Pacífico se esquentam, o que funciona como numa chaleira, em que há evaporação, formando de nuvens que levam chuvas para o Sul e o tempo mais seco no Nordeste.

Já no La Niña, há o resfriamento destas águas, menos formações de nuvens e, por isto, chove no Nordeste e leva tempo seco no Sul.

Neste ano, entretanto, o Pacífico segue neutro até então, com o tempo no Brasil sendo influenciado pelas questões mencionadas no anteriormente.

Outono em 2020

O meteorologista destacou a estimativa do comportamento do tempo para o outono no Brasil em 2020, estação que segue de 20 de março até 20 de junho. Neste ano, boa parte do Nordeste – Ceará, interior do Pernambuco, Rio Grande do Norte e o Matopiba será beneficiada com chuvas desde o final de março até início de abril, uma condição que se estende até ao Tocantins também.

No Sul, o alívio para o tempo seco e quente chega de forma definitiva a partir de abril, quando há uma melhora no centro-norte do Rio Grande do Sul até Santa Catarina e Paraná. Nestes locais, há previsão também de que as ondas de frio sejam mais intensas do que nos anos anteriores e que o frio vai chegar mais cedo em 2020.

A nova estação

O outono é uma estação considerada de transição entre o verão quente e úmido e o inverno frio e seco. Neste período, as chuvas são mais escassas no interior do Brasil, em particular no semiárido nordestino e no norte de Minas Gerais. Na parte norte das regiões Nordeste e Norte ainda é época de muita chuva, principalmente se houver a persistência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) mais ao sul de sua posição climatológica.

A estação caracteriza-se também pelas incursões de massas de ar frio, oriundas do sul do continente, que provocam o declínio das temperaturas do ar, principalmente na região Sul e parte da região Sudeste. Durante esta estação, observam-se as primeiras formações de fenômenos adversos, tais como: nevoeiros nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste; geadas nas regiões Sul e Sudeste e no Mato Grosso do Sul; neve nas áreas serranas e nos planaltos da região Sul; e friagem no sul da região Norte e nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e até mesmo no sul de Goiás.

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

clima santa catarina, outono santa catarina