Nova diretoria foi apresentada e Mário Balsini já passa por reformas

O Esporte Clube Próspera apresentou na tarde de ontem, 26, na secretaria do Estádio Mário Balsini, muitas novidades para a temporada de 2018. O Time da Raça, um dos mais queridos de Santa Catarina, revelou a sua nova diretoria, que ainda segue presidida por Dorval Arriola Rodrigues; Anderson Duarte é o novo vice-presidente, os conselheiros Michel Silveira, Jorge Luiz de Souza Batista e Luciano Stork Mendonça e o jurídico com Marco Antônio Benedet Perico e Diomar Gilberto de Souza Júnior.

“Eu sempre gostei do Próspera, por isso nunca o abandonei. E agora ter pessoas ao meu lado, sabendo que só querem o bem do clube e de uma comunidade, é a certeza que estamos no caminho certo”, conta Arriola.

Duarte conversou com o presidente faz alguns meses e já vem trabalhando nos bastidores. Antes mesmo da coletiva de inauguração, sentiu a força do Próspera na cidade e na Federação Catarinense de Futebol (FCF). “O Próspera tem um nome a zelar e viemos para somar o projeto do Durval. Realmente, a grandeza do clube é sentida de longe e até na federação já olham para nós de uma forma diferente. É um prazer estar aqui e agora o trabalho não pode parar”, relata.

O clube já sanou as dividas da Federação Catarinense de Futebol (FCF) e também dá um grande passo para a temporada dentro e fora de campo. A secretaria do Mário Balsini já foi toda reformada e modernizada, além disso, mais salas foram construídas para atender bem as pessoas que forem ao estádio. O próprio restaurante do Time da Raça foi remodelado e também está com um visual novo.

Um investimento para os garotos do Próspera

A escolinha do futebol, que é uma marca sólida do clube, também já recebeu investimento para ampliar ainda mais os ensinamentos dentro e fora das quatro linhas. Paulo Serrano, com mais de 30 anos de Próspera, continua como professor; além dele, Clei Baltazar Anhaia e Saimon Caetano Souza se juntam ao time para treinar garotos de 4 a 13 anos.

“O estilo é conhecido, continuamos com a mesma filosofia, a diferença é que se juntam profissionais capacitados para melhorar ainda mais o que vinha sendo feito”, comemora Serrano.

Todo o trabalho fora de campo para ajudar no crescimento dos meninos fica a cargo da assistente social, Elisângela Córdova de Oliveira, e a psicóloga, Thaís Rodrigues.

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.