Municípios da Amrec recebem convênios no total de R$ 9 milhões

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, representando o governador Eduardo Pinho Moreira, assinou convênios com sete municípios da Região Carbonífera (Amrec), que somam quase R$ 9 milhões. Entre as verbas liberadas estão os R$ 4,3 milhões para a conclusão das obras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Donato, de Içara, estrutura reivindicada há mais de dez anos pela população.

Os recursos também garantem a continuidade dos trabalhos para abertura da ala materno-infantil do Hospital Santa Catarina, em Criciúma, esperada para atendimento às gestantes e bebês de Criciúma e Região. São pouco mais de R$ 1 milhão para a reforma e ampliação da Central de Materiais Esterilizáveis (CME) e R$ 160 mil para reforma da rede elétrica.

Impossibilitado de participar do evento devido à greve dos caminhoneiros, que exige atenção permanente do Governo do Estado, o governador falou aos representantes dos hospitais e municípios presentes em Içara por meio de vídeo.

“As reuniões se sucedem e não permitiram a minha presença no Sul do Estado. Mas, é um momento muito feliz para a Região. É a complementação de recursos que foram solicitados ao longo dos últimos anos e que agora estamos materializando. Vamos ajudar a concluir uma obra extremamente importante para toda a Região, que é a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Donato, de Içara. Estamos oferecendo mais de R$ 4 milhões para concluir estas obras e para comprar os equipamentos. Isto vai trazer conforto, tranquilidade e segurança para as pessoas”, destacou Eduardo Pinho Moreira, que também lembrou que Criciúma teve assinados convênios para recursos ao Hospital Santa Catarina. “É um passo gigantesco em direção à conclusão destas obras, para que ele possa funcionar efetivamente como um grande hospital materno-infantil. Enfim, é um grande pacote de realizações que se concretizam por que é um governo que escolheu a saúde como prioridade. Por isso estamos avançando bastante num momento de grande dificuldade econômica no País. Mas, como sabemos superar as crises, vamos superar mais esta, com a união de todos”, destacou.

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, lembrou que dentro deste pacote voltado à Saúde estão 1 mil exames de colonoscopia que serão feitos no Hospital São José, em Criciúma, determinados pelo governador. “O melhor tratamento é o diagnóstico precoce”, salientou, citando também o veículo humanizado para Siderópolis, e R$ 100 mil por mês para que irão para o hospital, para que faça 1,5 mil cirurgias dentro do projeto regionalização da Saúde do governo estadual.

Sobre a UTI do São Donato, Casagrande frisou a necessidade dos leitos. “Não justifica mais o Hospital São Donato ficar sem UTI. Vamos completar 50 leitos no Sul do Estado”, listou.

Representando os hospitais, o presidente da Fundação Hospitalar de Içara (Hospital São Donato), Waldemar Luiz Casagrande, ressaltou que enfim chegou-se no sonho tão sonhado. “Nosso hospital vai dar um passo muito grande, vai se transformar numa referência em toda a Região Sul. Este ato é uma consagração de uma etapa de trabalho de muito tempo. Nesta UTI muitas pessoas sonharam conosco. Agradecimentos aos nossos voluntários, que compõem a diretoria do hospital, à diretoria administrativa, e ao governador Eduardo Pinho Moreira em nome de todos os hospitais. Esses valores que estamos recebendo com certeza serão muito bem aplicados”, discursou.

Em nome dos prefeitos falou o prefeito de Içara, Murialdo Canto Gastaldon. “A UTI do Hospital São Donato é um passo fundamental para o hospital, porque dará condições de novos serviços, melhor remunerados pelo SUS. A recuperação da Certidão Negativa de Débito e a implantação da UTI são dois passos significativos para a saúde de Içara”, frisou.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.