Meninos acolhidos pelo Lar Azul recebem doações de roupas

Três kits com 33 peças de roupas foram entregues para três adolescentes órfãos amparados pelo Abrigo Municipal Lar Azul, administrado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Uma homenagem à Rachel Carvalho Bernardo e Jacinto Bernardo, casal que recentemente adotou um adolescente de 15 anos, também fez parte da cerimônia organizada na sede da entidade.

“Não há palavras para descrever o lindo gesto que esse casal fez. Nós atendemos muito bem os adolescentes no Abrigo Municipal, fornecendo um lar e todo o auxílio necessário para eles evoluírem, mas queremos que cada um conquiste uma nova família”, disse o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

De acordo com o secretário municipal de Assistência Social, Paulo Cesar Bitencourt, o Abrigo Municipal atende três adolescentes e disponibiliza uma equipe formada por quatro educadores, duas cozinheiras, um motorista, uma higienizadora e uma coordenadora. A Prefeitura de Criciúma também oferece acompanhamento psicológico e serviço de assistência social.

“Até o mês de abril, tínhamos seis meninos no Lar Azul, sendo que três já foram adotados. Os adolescentes não são obrigados a ficar no Abrigo Municipal, pois não é uma prisão. Mas nos empenhamos para que eles gostem de conviver no local e usufruam dos serviços prestados”, disse Bitencourt.

Conforme a coordenadora do Lar Azul, Quézia da Costa Albertini Maurício, a residência é adaptada para atender até nove meninos. “Os acolhidos têm acesso a seis banheiros, uma cozinha, três quartos, sala de TV, refeitório, sala de educação e pátio de jogos. Além da rotina de estudos e atividades diárias, eles recebem assistência financeira para atividades fora da casa, como ir ao cinema e realizar outras ações recreativas”, finaliza.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.