Mampituba recebe atleta mundial de fisiculturismo

Elisa Pecini, de 24 anos, já foi campeã do Miss Olympia e do Miss Bikini International

A Academia de Musculação Adhemar Costa, da Sociedade Recreativa Mampituba, recebeu a visita da atleta profissional de fisiculturismo, Elisa Pecini. Considerada uma referência mundial na modalidade, ela participará de uma competição no mês de agosto, então veio para Criciúma a convite de seu treinador, Ricardo Pannain, com o objetivo de iniciar a preparação para o evento.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Recentemente reformada, a academia conta com equipamentos de alta tecnologia para proporcionar mais qualidade aos treinos dos sócios e atletas do clube. São mais de 60 máquinas e aparelhos considerados o que existe de mais moderno no cenário fitness, sendo que alguns são encontrados somente em academias fora do Brasil.

Esses diferenciais chamaram a atenção de Pannain e Elisa. Hoje com 24 anos, a atleta treina com ele desde 2017. Apesar da pouca idade, a carreira dela já conta com diversas conquistas a nível nacional e internacional, mas também há na bagagem uma trajetória de muita luta e superação. Natural de Sumaré, no interior de São Paulo, Elisa é de uma família de origem humilde e sofreu de bulimia e anorexia na adolescência.

“Após me recuperar de um quadro grave de bulimia e anorexia nervosa, quando cheguei a pesar 37 quilos e fiquei mais de um mês internada, comecei a treinar, isso com 16 anos. Também aprendi a me alimentar melhor e comecei a pesquisar pessoas que treinavam, ir em eventos do gênero e conhecer cada vez mais esse universo que hoje me encanta. Estreei no mundo do fisiculturismo em março de 2015, com 18 anos”, relembra Elisa.

Reconhecimento nacional e internacional

Ainda em seu primeiro ano de competições, ela conseguiu a classificação para o Brasileiro e o Mundial da modalidade. “Passei a treinar com o Ricardo e, aliando o conhecimento e as técnicas dele com a minha determinação, cheguei a palcos que não imaginava conseguir tão cedo”, comenta a atleta que se profissionalizou em 2017, ano em que ganhou três títulos internacionais. Entre outras conquistas, ela também foi campeã do Miss Olympia 2019 e do Miss Bikini International 2020.

“No começo da carreira, ela vendeu rifas para custear suas viagens para participar das competições. Hoje, conta com vários patrocínios e conseguiu mudar a realidade dela e da família. Então, é uma história muito bacana de superação”, declara Pannain, que é casado com a atleta profissional de fisiculturismo Anne Luise Freitas. Ambos residem em Criciúma, são sócios do Mampituba e treinam na academia do clube.

“Receber profissionais desse nível, que estão acostumados a treinar e competir em vários lugares do mundo, mostra que a nossa academia é padrão internacional, pois contamos com os equipamentos mais modernos do mercado e atendemos níveis altos de exigência”, comenta o diretor do espaço, Filippe Spillere Vieira.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.