Mais uma vez Tigre joga bem mas é derrotado

 

Na lanterna do Campeonato Catarinense 2018. Foi assim que o Tigre entrou em campo na tarde de hoje no estádio Heriberto Hulse no clássico diante do Avaí. Com o empate sem gols entre Tubarão e Brusque na noite de sábado, 3, na abertura da rodada, o Criciúma caiu para a última colocação do estadual. Mas apesar da atual situação do clube, o torcedor compareceu e apoiou durante toda a partida.

A equipe comandada pelo técnico interino Grizzo, entrou em campo pressionado para vencer e ganhar fôlego na busca de um novo comandante, mas acabou faltando concentração. Em menos de 1 minuto de jogo, Nino recuou mal e foi obrigado a fazer a falta na entrada da área. Na cobrança, João Paulo bateu com muita categoria, no canto direito do goleiro Luiz, abrindo o placar para o Avaí, o gol da vitória.

O Leão seguiu dando espaços para o toque de bola do Criciúma, resultando em duas bolas na trave. Na primeira, Carlos Eduardo cruzou na medida para Mailson cabecear embaixo da meta de Kozlinski. Já a de Douglas Moreira seria um golaço. Após uma saída errada da zaga do Avaí, o volante desarmou e bateu de longe, a bola não entrou por muito pouco.

Mesmo atrás no placar, o Criciúma foi superior durante todo o primeiro tempo, buscando o empate com investidas de Alex Maranhão, João Paulo e principalmente Mailson pela esquerda. A arma do Avaí seguiu sendo a bola parada. O zagueiro Alemão quase ampliou subindo de cabeça em uma cobrança de escanteio. No último lance de perigo da primeira etapa, Carlos Eduardo, de falta, obrigou Kozlinski a buscar no ângulo, fazendo uma grande defesa.

Os carvoeiros desceram para o vestiário aplaudidos pela torcida. Mas quem ganhou mais aplausos foi Dona Ivone. Anunciada pelos autofalantes do estádio, a torcedora símbolo do Tigre completou hoje 40 anos sem perder nenhum jogo no Heriberto Hulse, um verdadeiro orgulho para o clube.

Segundo tempo com uma expulsão para cada lado

Na volta do intervalo nada de substituições para as duas equipes. Na primeira boa oportunidade, Moritz girou e chutou forte, Luiz espalmou para escanteio. A situação ficou complicada para o Criciúma aos 10 minutos, quando Elvis foi expulso após deixar o braço em dividida com Martinuccio. A expulsão acabou travando a superioridade de posse de bola do Criciúma e o Avaí aproveitou, assustando com Getúlio aos 22 minutos. E foi o próprio atacante que acabou deixando o clássico mais equilibrado ao ser expulso da partida.

O Tigre voltou a ser superior. Luiz Fernando chutou com perigo, no rebote do goleiro do Avaí, Siloé bateu em cima do zagueiro, quase deixando tudo igual. Novamente Luiz Fernando, em boa jogada pela esquerda cruzou para Nino cabecear por cima. Wallacer também tentou com chute colocado, tirando tinta da trave de Kozlinski. Na última tentativa, a bola entra mas o árbitro Diego da Costa Cidral anula com razão. Na tentativa do cabeceio Mailson fez falta no goleiro avaiano.

Final de jogo, Criciúma 0, Avaí 1, para a insatisfação do torcedor  que ao contrário do fim do primeiro tempo, criticou muito o presidente Jaime Dal Farra com gritos de “Pede pra sair!”. Com a derrota o Tigre segue na lanterna do Campeonato Catarinense com 4 pontos. O próximo adversário do tricolor na competição será o Inter de Lages, no sábado,10, na casa do adversário. Já o Avaí fica na 3ª posição com 10 pontos e encara o Tubarão na segunda-feira, 12, em Florianópolis.

#Criciúma, Avaí, campeonato catarinense, Catarinense 2018, Criciúma Esporte Clube, home_destaque, portallitoralsul, tigre