Luto: morre Ayser Guidi, aos 75 anos

O engenheiro de minas, Ayser Guidi, faleceu na noite de ontem, 22, no Hospital Unimed de Criciúma. Ele tinha 75 anos e alguns anos fazia tratamento do aparelho digestivo. O velório acontece a partir das 10 horas  e segue até as 15 horas, no Crematório Millenium, com sepultamento às 15h30, no Cemitério Municipal de Criciúma.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Filho de Airton Guidi, um dos fundadores do Metropol, Ayser foi presidente do Círcolo Bergamasco Di Santa Catarina. Junto com o historiador Mário Beloli e a jornalista Joice Quadros, escreveu o livro – A história do Carvão em Santa Catarina.

Ele deixa a esposa Sonia e os filhos Janine, Jimena e Juliano.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.