Lobinho apresenta pesquisa esportiva para conquista de especialidade

O pequeno Diego Rodrigues da Costa, de apenas 8 anos, lobinho do Grupo Escoteiro Aguaí de Siderópolis, deu uma aula na manhã da última quarta-feira, 11, no ginásio Municipal na qual participa no Projeto Social/ Ferrovia Tereza Cristina/ Resicolor/ Esucri, de Siderópolis.

O lobinho que está prestes a ganhar o distintivo de especialidade de futebol apresentou sua pesquisa sobre regras, estratégias, dribles e organização de competições de futebol e de futsal. E ainda falou sobre seu jogador preferido, o brasileiro Neymar.

Diego teve o auxilio dos profissionais do Projeto Social, fato que agradou sua mãe, Juliana Casagrande Lucchesi. “Não sei se os professores já tinham recebido um pedido desses para ajudar um lobinho escoteiro, mas a disponibilização deles, mesmo com tantas tarefas, foi grandioso. Eles tem um carinho e uma dedicação enorme por nossos filhos. Ajudaram meu pequeno a vencer mais essa batalha”, contou a mãe orgulhosa, que prometeu que assim que Diego recebesse o distintivo, levaria para os colegas verem.

Especialidades

As especialidades escoteiras são conquistas pessoais que indicam conhecimento de determinado tema, possibilitando que o escoteiro adquira hábitos que permitam conhecer, dialogar e aprender. Elas são divididas em cinco ramos, sendo eles: Ciência e Tecnologia, Cultura, Desportos, Serviços e Habilidades Escoteiras.

A iniciativa repercutiu muito bem, tanto para os alunos, que aprenderam mais sobre os esportes, quanto para os próprios educadores. “Esses desafios nos engrandece e nos estimula a crescer profissionalmente. No fim de tudo, um sorriso, a atenção e o carinho dos alunos são impagáveis”, revelou Nelson Carminio Michel, professor de futsal.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.