Licitação para a pavimentação da Serra do Faxinal é lançada por Carlos Moisés

A obra está orçada em R$ 58,9 milhões, para um trecho de aproximadamente 15 quilômetros

Cumprindo agenda de trabalho pela região Sul, o governador do estado Carlos Moisés, determinou, no fim da tarde de ontem, 25, a licitação para a pavimentação da Serra do Faxinal (SC-290), entre a divisa com o Rio Grande do Sul e o município de Praia Grande.

O anúncio foi realizado na sede da Associação dos Funcionários da Cooperativa de Eletricidade de Praia Grande. A agenda do governador, de entregas históricas no Sul do estado, continua nesta quinta-feira, 26 em Araranguá e Criciúma.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

“Esta é uma obra que sempre esteve entre as nossas prioridades. Nunca descansamos até que pudéssemos iniciar a licitação e também não descansaremos enquanto a Serra do Faxinal não estiver pavimentada”, frisa Carlos Moisés.

A obra está orçada em R$ 58,9 milhões, para um trecho de aproximadamente 15 quilômetros. Conforme o governador, o investimento será feito com recursos próprios, sem financiamentos e sem pagar juros.

“Isso é uma grande mudança em Santa Catarina. Tínhamos uma folha de pagamento ultrapassando o limite prudencial. As pessoas duvidavam que conseguiríamos estancar tudo isso, manter os salários em dia e ainda conseguir investir. Deixamos o Estado menor, revisamos contratos, fizemos sobrar e colocamos o dinheiro em obras e ações”, detalha o governador.

A projeção do município é que o fluxo de turistas aumente de quatro a seis vezes com a pavimentação. O prefeito de Praia Grande, Elisandro Pereira Machado, o Fanica, lembrou que a Serra do Faxinal vai desenvolver não apenas o município por onde passa, mas toda a região ao qualificar o acesso aos atrativos turísticos.

“Antes mesmo de a gente assumir a Prefeitura, o governador já estava fazendo reuniões conosco para resolver a Serra do Faxinal e a SC-108. Desde o início senti o comprometimento com o trabalho e zelo com o dinheiro público. Vemos um governo municipalista, realizador e que faz obra por toda Santa Catarina”, relata o prefeito Fanica.

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Augusto Vieira, houve um trabalho intenso por parte do Governo do Estado para superar a burocracia e garantir mais infraestrutura em todas as regiões. “Muitas pessoas duvidaram que sairiam do papel as obras importantes que estamos viabilizando. São grandes os desafios, mas quando a gente soma esforços consegue vencer”, ressalta.

Sinalização turística

 

A pavimentação vai impulsionar o turismo na região dos cânions e em todo o Vale do Araranguá, mas não foi o único anúncio de Carlos Moisés nesse sentido. Nesta quarta, o Governo do Estado oficializou a entrega da sinalização turística de Santa Catarina na região do Caminho dos Canyons. Os trabalhos fazem parte do maior projeto de sinalização turística já realizado pelo Governo do Estado.

“O que o governador Carlos Moisés tem feito pelo turismo em Santa Catarina é inédito. Estamos realizando um trabalho fundamental, a sinalização turística é muito importante para que as pessoas conheçam todos os atrativos que só Santa Catarina tem”, afirma o presidente da Santur, Renê Meneses.

Foto: Felipe Carneiro / Especial / Santur

O programa é uma ação integrada entre a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE). Até setembro serão instaladas todas as novas estruturas e emplacamento nas regiões turísticas Encantos do Sul, Caminho do Contestado, Vale das Águas e Caminho das Fronteiras. Em 2022, inicia a segunda etapa, atendendo outras oito regiões.

SC Mais Asfalto

Durante a agenda em Praia Grande, o governador lançou o programa SC Mais Asfalto, para fomentar a construção de usinas de asfalto em todas as regiões de Santa Catarina. Ao todo, o Executivo disponibilizará R$ 120 milhões para a iniciativa, que será realizada em parceria com os consórcios de municípios. O programa é coordenado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) junto com a Casa Civil.

No Vale do Araranguá, serão investidos R$ 8,8 milhões para a compra de equipamentos e insumos a fim de compor uma usina de asfalto, em parceria com o Consórcio Intermunicipal Mampituba (Cima). O convênio foi assinado nesta quarta.

O objetivo é dar mais agilidade à manutenção das vias públicas, possibilitando a pavimentação de ruas pequenas ou a execução de serviços mais simples de forma rápida.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.