Jovem de 20 anos é condenado por homicídio e ocultação de cadáver em Criciúma

Sessão do Tribunal do Júri realizado ontem, 28, na comarca de Criciúma, condenou um jovem de 20 anos por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. O crime aconteceu em julho de 2017. Segundo a denúncia, após uma discussão, a vítima tentou atingir o réu com uma faca que carregava, mas foi desarmada. Ela recebeu golpes de faca e um corte profundo na garganta, causa de sua morte. O corpo do adolescente foi encontrado, dias depois, boiando em um córrego próximo a um campo de futebol no bairro Quarta Linha, em Criciúma.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

O Conselho de Sentença reconheceu, por maioria de votos, que o crime foi praticado mediante meio cruel, pela lesão na região anterior do pescoço, e dissimulação, uma vez que atraiu a vítima a local ermo e pouco iluminado sob pretexto de consumirem drogas juntos, e ocultação de cadáver. O réu foi condenado a 13 anos de reclusão, em regime fechado, e ao pagamento de 10 dias-multa.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.