Irmãos que mataram brutalmente o cunhado foram presos em Criciúma

Os irmãos confessaram o crime alegando medo de represália da vítima

Dois irmãos acusados de um homicídio bárbaro, se apresentaram na Diretoria de Investigação Criminal de Criciúma (DIC) na tarde desta segunda-feira, dia 25.  Os acusados vão prestar esclarecimentos sobre o homicídio de Filipe da Silva Martinho, que foi brutalmente assassinado com golpes de faca e pedradas na noite de 18 de setembro deste ano, no bairro Rio Bonito, em Criciúma.

 

As investigações realizadas pela Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP)  esclareceram que o homicídio foi praticado pelos irmãos em decorrência de uma discussão familiar envolvendo a guarda de uma sobrinha deles , que era enteada da vítima.

 

O Juízo da 1ª Vara Criminal de Criciúma decretou a prisão temporária dos investigados, cujo paradeiro era desconhecido desde a noite do crime. Os irmãos se apresentaram acompanhados de um advogado, juntamente com a mãe e irmã, que era esposa da vítima. Elas  presenciaram o crime e também estavam em local incerto desta a data do homicídio.

 

Os irmãos confessaram o crime alegando terem agido por medo de sofrerem represália da vítima, que durante a briga teria os ameaçados de morte. Eles foram encaminhados ao presídio e ao final do Inquérito Policial será representado pela conversão de suas prisões temporárias de 30 dias em prisão preventiva.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.