Incêndio atinge sede do Instituto Serum, maior fabricante de vacinas do mundo

Um incêndio foi relatado nesta quinta-feira, 21 no Instituto Serum da Índia (SII), maior fabricante mundial de vacinas, de acordo com imagens da televisão local, mas a imprensa indiana disse que a produção de vacinas contra a Covid-19 não foi afetada.

Os canais de televisão indianos exibiam imagens de uma enorme nuvem de fumaça cinza sobre as instalações em Pune (oeste), onde milhões de doses da vacina contra o coronavírus Covishield, desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, estão sendo produzidas atualmente.

Unesc Mobile

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

A causa do incêndio ainda está sendo investigada, disseram funcionários do Corpo de Bombeiros. De acordo com o diretor executivo do Instituto, Dr. Suresh Jadhav, o incêndio foi constatado na instalação onde o trabalho relacionado à vacina BCG estava em andamento. A instalação onde a vacina Covishield está sendo fabricada e armazenada fica longe desta instalação, disse Jadhav.

A chamada de emergência foi recebida às 14h50min locais (6h50min de Brasília), após a qual 10 militares dos bombeiros e pelo menos dois caminhões-tanque foram levados às pressas para o local, disse o prefeito de Pune, Murlidhar Mohol.

O chefe dos bombeiros, Prashant Ranpise, disse que “havia quatro pessoas dentro do prédio. Resgatamos três até agora, embora a fumaça esteja dificultando o trabalho. O incêndio até agora se espalhou para o terceiro, quarto e quinto andares”, afirmou.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.