Homem é indiciado por comércio ilegal de armas de fogo e munições para criminosos de Criciúma

A Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo delegado Yuri Miqueluzzi, finalizou investigação policial que resultou na identificação e indiciamento de homem, 23 anos, apontado como revendedor ilegal de armas de fogos e munições para criminosos em Criciúma.

A investigação teve duração de seis meses e concluiu que o investigado realizava o comércio bélico clandestino, provendo de armamento e munição alguns potenciais autores de crimes graves na cidade e arredores. Caso condenado, a pena pode atingir até oito anos de reclusão.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

O indiciado está recolhido no sistema prisional, desde outubro passado, quando foi preso em flagrante pela Divisão de Roubos por tráfico de drogas e posse de munição, durante cumprimento de buscas em sua residência no curso de investigação de roubos de caminhonetes. Por esta prisão, foi julgado e condenado em primeiro grau a cinco anos de reclusão, em regime inicial fechado, e um ano de detenção, além de multas.

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.