Homem de 42 anos confessa que matou ex-companheira por esganadura; caso aconteceu em Criciúma

Um homem de 42 anos, confessou ter matado a ex-companheira Izabel Antonio Cardoso, 37 anos, por esganadura. O crime aconteceu no último dia 13, na casa da vítima, no bairro Vila Visconde, em Criciúma.

Segundo informações do Programa Linha Verdade, o delegado Jorge Giraldi, localizou o telefone do suspeito e na manhã de hoje,16, o ex- companheiro da vítima, se apresentou a Polícia.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Em seu depoimento, ele contou que após receber algumas mensagens com ofensas foi até a casa de Izabel. O acusado ainda informou que a vítima se sentou no vaso sanitário e pediu que ele deixasse a casa e nesse momento num ímpeto de fúria a esganou segurando o pescoço com as mãos, deixando-a caída no banheiro.

O acusado apresentava lesões no rosto e nos braços quando a vítima tentava se defender. Ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames e após foi liberado. Ele responderá em liberdade por ter se apresentado. O caso ficará agora a cargo do Delegado André Milanese.

#ex-companheira, #feminicídio, crime, morte