Anúncio

Grupo de trabalho da Termelétrica Jorge Lacerda define novas etapas e estuda propostas

Na última segunda-feira, 28, ocorreu a reunião do grupo de trabalho criado para encontrar alternativas para evitar a desativação do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, administrado pela Engie do Brasil e que teve anunciada, no início deste mês,  a intenção de iniciar o encerramento parcial de suas atividades a partir do próximo ano.

No encontro virtual entre 47 participantes do grupo, estiveram presentes três representantes do governo federal, o governador Carlos Moisés, três deputados federais: Daniel Freitas, Geovana de Sá e Ricardo Guidi, o deputado estadual Vampiro, os prefeitos de Criciúma, Tubarão, Lauro Müller, Capivari de Baixo e o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan, entre outros envolvidos nesta pauta.

Anúncio

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Além de sugestões, também foram definidos alguns encaminhamentos, entre eles o prazo de 180 dias para o governo federal apresentar uma proposta junto aos ministérios relacionados com essa questão para buscar saídas e resolver a questão. Foi agendado para o dia 13 de janeiro uma reunião entre o governador de Santa Catarina e o Ministro de Minas e Energia.

Segundo Zancan a reunião foi bastante produtiva. ” A reunião foi bastante positiva e mostra o engajamento da classe política que é o principal neste assunto” destacou.

Relembre o caso: 

Reuniões em Brasília e em Criciúma buscam alternativas para salvar setor termelétrico na região

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.