Galeria dos ex-prefeitos é reaberta após três anos do segundo incêndio no Paço Municipal

Um dos mais tradicionais símbolos da Prefeitura Municipal de Criciúma foi reinaugurado nesta quinta-feira. A data não foi por acaso. A galeria dos ex-prefeitos de Criciúma, no Paço Municipal Marcos Rovaris, foi reaberta exatos três anos após o segundo incêndio que atingiu a estrutura da prefeitura.

Em 27 de maio e depois em 7 de junho de 2015, o fogo destruiu praticamente todo prédio. O incêndio também transformou em cinzas as tradicionais fotos, o registro de homens escolhidos ao longo dos anos para comandar o município.

O trabalho de resgate das imagens foi realizado nos últimos meses pela equipe da Administração Municipal, por meio da Fundação Cultural de Criciúma. São 25 quadros onde está registrado também o período em que cada um esteve à frente do poder executivo, desde o primeiro prefeito da história do município, Marcos Rovaris, entre os anos 1926 e 1930.

A cerimônia homenageou ex-prefeitos, familiares e representantes, com placas de reconhecimento pelo trabalho exercido à frente da prefeitura. O descerramento das cortinas que cobriam a galeria até o dia do evento foi realizado em conjunto por todos os ex-prefeitos de Criciúma. O evento também foi prestigiado por autoridades do município e do estado.

“Para nós esse momento é tão importante quanto a reinauguração do Paço Municipal, em 6 de janeiro. É um dia muito significativo. Prova que, se estamos aqui hoje, é porque muitos ajudaram a construir Criciúma. Divergimos, sim, mas convergimos ainda mais em favor da nossa cidade”, discursou o prefeito Clésio Salvaro.

 

 

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.