Futebol já tem data para retorno em grande liga da Europa

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, afirmou ontem (26) que as equipes esportivas podem começar a treinar novamente em maio, após o país ser atingido pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). Contudo, o líder político não falou em data para reinício do Campeonato Italiano. Enquanto na Inglaterra o Arsenal anuncia início de treinos individuais.

Em discurso televisionado no qual falou do afrouxamento do isolamento social, Conte afirmou que os treinos individuais podem começar no dia 4 de maio, quando os jogadores ainda terão que respeitar as regras de distanciamento social, e que as atividades coletivas podem vir a começar em 18 de maio.

A Itália foi um dos países europeus mais atingidos pelo coronavírus. Desta forma o Campeonato Italiano está suspenso desde o dia 9 de março. A suspensão ocorreu após uma quinzena caótica na qual o país tentou realizar partidas sem a presença do público.

Conte disse que o ministro do esporte Vincenzo Spadafora trabalhará “intensivamente” com cientistas e líderes esportivos para garantir que os treinos sejam seguros.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

“Então tentaremos ver se eles podem continuar com as competições que estão suspensas. Só chegaremos a essa conclusão se for garantido que é seguro. Não queremos que nossos atletas fiquem doentes”, declarou.

“Sou apaixonado pelo futebol (…). Como muitos italianos, inicialmente achei estranho que o campeonato pudesse ser interrompido ou suspenso, mas acho que até os torcedores mais apaixonados entendem que não havia alternativa”, acrescentou.

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) já elaborou um protocolo médico para treinamento. Segundo este documento, para o início dos treinos, cada clube formará um grupo de jogadores, equipe técnica, médicos e fisioterapeutas que serão testados e depois isolados em um campo de treinamento no verão (europeu).

Também há planos de doar cinco kits de testes de covid-19 para cada kit usado pelos clubes para evitar as críticas de que o futebol está retirando os recursos necessários de outras áreas.

Ainda restam 12 rodadas de jogos na Série A, além de vários jogos pendentes de rodadas anteriores. Na classificação, a Juventus, detentora do título, está na liderança um ponto à frente da Lazio.

No futebol inglês, o Arsenal anunciou no último sábado (25) que reabrirá o Centro de Treinamento em London Colney nesta semana para seus atletas realizarem atividades individuais, mas o clube inglês afirma que continuará a seguir as regras de distanciamento social em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Campeonato Inglês foi suspenso no mês passado, por tempo indeterminado, por causa da pandemia. A partir da interrupção, nenhuma equipe realizou treinos.

“Os jogadores terão acesso aos campos de Colney na próxima semana”, afirmou o Arsenal em comunicado.

“O acesso será limitado, cuidadosamente gerenciado e o distanciamento social será mantido o tempo todo. Todos os edifícios do CT de Colney permanecem fechados”, diz a mensagem.

“Os jogadores chegam sozinhos, treinam individualmente e voltam para casa”, acrescentou o clube.

O técnico do Arsenal, o espanhol Mikel Arteta, foi diagnosticado com o novo coronavírus em 12 de março, o que levou ao cancelamento do Campeonato Inglês.

O Arsenal conversou com todos os jogadores após surgirem suspeitas de que o francês Alexandre Lacazette, o brasileiro David Luiz, o marfinense Nicolas Pepe e o suíço Granit Xhaka poderiam estar desrespeitando regras de distanciamento social.

As equipes do Campeonato Inglês têm trabalhado considerando o início do mês de maio como o prazo mais curto para retomar os treinos. Há a expectativa de que o Governo revise as restrições atuais de isolamento no dia 7 de maio.

Caso as equipes possam voltar aos treinos, acredita-se que precisem de um período de duas a três semanas para se prepararem, sendo o mês de junho o prazo mais curto de retorno aos jogos.

Contudo, considerando que a realização de eventos públicos com aglomeração de pessoas será uma das últimas proibições a chegarem ao fim, há a expectativa de que os jogos aconteçam sem a presença de público.

O Departamento de Cultura, Mídia e Esporte está em contato com vários órgãos esportivos, liderados pelo Conselho de Críquete da Inglaterra e do País de Gales (BCE), para conversar sobre formas de voltar com o esporte profissional em caso de liberação das autoridades da área de saúde.

A Football League (EFL), entidade que organiza as três divisões abaixo da Premier League (Primeira Divisão do Campeonato Inglês), afirmou que os testes de jogadores e de todos os envolvidos nos jogos são o ponto principal: “Claramente, antes que ocorra qualquer retorno ao futebol, é necessário que haja organização de testes adequados para os participantes, e isso é essencial para o nosso planejamento atual, pois garante que não haja absolutamente nenhum impacto negativo sobre os trabalhadores da linha de frente do país, os serviços de emergência, funcionários da Liga e clubes”.

Fonte: Agência Brasil

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

campeonato inglês, campeonato italiano, futebol mundo coronavirus

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo
Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo