Funcionários ocupam Hospital Regional de Araranguá

Trabalhadores e a comunidade se vestiram de branco e foram pedir para que as autoridades olhem pelo Hospital Regional de Araranguá. Um ato realizado neste domingo, 7 foi realizado em frente a instituição hospitalar que atende pacientes de toda a região.
Com início por volta das 17h, aproximadamente mil pessoas se mobilizaram para um abraço simbólico em forma de protesto pelas atuais condições do local.  Uma celebração realizada pelo Padre Alírio Leandro fez com que a comunidade pedissem melhores condições para o hospital que está em greve desde dezembro de 2017.
Após, aproximadamente 350 trabalhadores participam de uma ocupação do HRA. De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de serviços de Saúde de Criciúma e Região, Cléber Candido, a ocupação acontece para que os colaboradores tenham a sua situação regularizada. “Começamos hoje, de fato, a ocupação no hospital. Estamos com um bom número de funcionários ocupados e saíremos da ocupação só depois de resolver este impasse”, explicou.
A manutenção dos trabalhos e o pagamento dos salários e rescisões são os assuntos que estão em pauta para a solução. “Queremos garantir todos os direitos e também queremos que o governo do Estado participe das negociações, já que o Ideas não senta conosco e só aceitamos conversar com a presença do governo. Começamos a ocupação e seguimos por tempo indeterminado até que tudo seja resolvido”, concluiu Cândido.
Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.