Feira CasaPronta é lançada oficialmente

Evento chega a 18ª edição com o título de ser o maior da construção, decoração e mobiliário do Sul catarinense

Os negócios prometem alavancar, dentro do Pavilhão José Ijair Conti, com mais uma edição da Feira CasaPronta. A abertura foi na noite desta quarta-feira, 06, com a presença das principais autoridades e lideranças empresariais de Criciúma e região.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Emocionada, em seu discurso de abertura, a diretora da NossaCasa Feiras & Eventos, Jaqueline Backes, agradeceu a parceria consolidada com todos que colaboraram para a realização do evento e deixou um recado para o Prefeito Clésio Salvaro. “Prefeito, se a Feira CasaPronta, hoje está retornando é porque nós conseguimos que a gestão pública entendesse a importância desse retorno, quantas empresas dependem desse retorno e quanto o movimento econômico depende desse retomo”, destacou ela.

Para o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Moacir Dagostin, a feira mostra a força do empreendedorismo de nosso empresário do sul de Santa Catarina. “Há 18 anos a Feira CasaPronta está firme demonstrando toda a pujança de nosso comercio, indústria e de nosso prestador de serviço. E tenho muito satisfação de estar aqui vendo esse retorno”, disse ele.

Representando a Associação de Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac Sul) de Santa Catarina, o presidente Gilson Godinho também fez uso da palavra durante a cerimônia. “Agradecemos a grande oportunidade de mais uma vez estarmos realizando a 8ª edição do Salão de Negócios durante a Feira CasaPronta. Nossa entidade continuará promovendo a profissionalização do varejo, unindo esforços no desenvolvimento de projetos e propostas que promovam o direito a moradia digna e a sustentabilidade”, relata Gilson.

Os comerciantes da cidade também foram representados pelo presidente da CDL de Criciúma,Tiago Marangoni, reforçando que estão unindo esforços para que o município e a região continuem cada vez mais fortes para o desenvolvimento do comércio e da economia. “A Feira CasaPronta agrega vários setores do varejo e resolve muitas dores do consumidor. Quando as pessoas entram aqui, encontram tudo o que precisam”, acrescenta Tiago.

Encerrando a noite, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, também reforçou sobre a relevância da feira. “Depois de 17 edições desse evento, na 18ª nós podemos dizer que é um recomeço, um reencontro com as pessoas, sendo um encontro de sucesso. Nós já podemos comemorar números extremamente positivos da CasaPronta na cidade de Criciúma”, disse Clésio.

Ingressos à venda

Foram disponibilizados ingressos-convite aos expositores, que distribuíram para seus clientes e parceiros. As pessoas que possuem este convite, têm acesso gratuito à feira. Para quem não tem, pode adquirir os ingressos pelo valor de R$ 5, na recepção da feira, ou online, em www.feiracasapronta.com.br. Crianças menores de 12 anos de idade devem estar acompanhadas de seus responsáveis e não pagam ingresso.

Horários de visitação:

Quarta-feira (06/10): 16h às 22h.

Quinta-feira (07/10): 16h às 22h.

Sexta-feira (08/10): 16h às 22h.

Sábado (09/10): 14h às 22h.

Domingo (10/10): 14h às 19h.

Protocolo de segurança sanitária

Mas, para retomar as atividades de forma segura, a organização da Feira CasaPronta criou o “Todos juntos pela saúde”, um protocolo de segurança sanitária que expressa suas prioridades: a união de forças e a preocupação com a vida. Elaborado em linguagem clara e objetiva, o protocolo está apoiado nos seguintes pilares: segurança sanitária, distanciamento social e comunicação. Tudo sendo executado em conjunto, para garantir o compromisso da Feira CasaPronta, com a saúde de todos os expositores, visitantes e colaboradores do evento.

“A fiscalização quanto ao cumprimento das regras de segurança sanitária, bem como da capacidade máxima nos estandes, será feita de forma constante e rigorosa, por equipe de monitoria multidisciplinar, treinada e orientada, composta por fiscais de pavilhão, seguranças, brigadistas e pelos próprios profissionais de saúde”, detalha Jaqueline.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.