Ex-funcionários da antiga Casa de Saúde do Rio Maina protestam contra falta pagamento de rescisões

Ex-funcionários da antiga Casa de Saúde do Rio Maina, onde atualmente funciona o Centro de Reabilitação Pós- Covid, fizeram manifestação na manhã desta terça-feira, 28, no local. Eles reclamam da falta de pagamento de suas rescisões, após o fechamento da Casa de Saúde.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

De posse de um ofício datado em 2 de junho de 2020, destinado à Câmara de Vereadores de Criciúma, o primeiro tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), Reginaldo Kjhelin Coelho, destaca que no documento consta que a Casa de Saúde seria vendida e que o valor seria para pagar os funcionários.

“Mas até o momento nada foi pago. Na época disseram que o valor seria para a rescisão dos trabalhadores”, lamenta. Segundo ele, são em torno de 80 trabalhadores. “O passivo é de R$2 milhões”, disse ele, e ainda comenta que os ex- trabalhadores já entraram com ação junto a Justiça do Trabalho de Criciúma.

Vídeo:

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.