Notícias de Criciúma e Região

Estudantes visitam o meliponário e conhecem espécies de abelhas

Ampliar o conhecimento ambiental dos estudantes do quinto ano da Escola Municipal Padre Ludovico Coccolo, do bairro São Luiz. Esta foi à proposta da visita na sede da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), onde o grupo também aproveitou para conhecer o Parque Ecológico Municipal José Milanese.

Os alunos realizaram um passeio pelo meliponário e conheceram as três espécies de abelhas disponíveis: Jataí, Mandaçaia e Manduri. As espécies não têm ferrão e são produtoras de mel. “Eu gostei mais das Manduris. Elas são mais quietas e eu me identifiquei com elas. Elas têm um mel bem docinho”, contou o aluno Joaquim Debem Marques de Carvalho.

De acordo com a professora, Milena Aparecida trata-se de uma extensão do que foi aprendido em sala de aula. “Como junho é o mês do meio ambiente, dentro da sala de aula nós trabalhamos com os estudantes várias atividades voltadas a isso. Ensinamos o que é a Famcri e qual a sua função na cidade. Eles ficaram muito animados para conhecer a sede”, revelou a professora.

Os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer a fauna e a flora do Horto Florestal Municipal Antônio José Tolé Guglielmi. “Em parceria com a Unesc, fizemos a identificação das espécies. Nosso objetivo é proporcionar esse conhecimento a quem fizer a trilha, tornar um pouco mais conhecido o que temos por aqui”, ressaltou a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato.

 

 

Você também pode gostar