Anúncio

Esporte de Criciúma conquista bons resultados no final de semana

As equipes cadete, juvenil e adulta da Fundação Municipal de Esportes (FME)/Associação Desportiva de Handebol de Criciúma (ADHC) conquistaram bons resultados em Itajaí nesse fim de semana. O evento serviu como teste para o Brasileiro Juvenil, que iniciará na próxima sexta-feira, 27. A competição nacional envolverá oito equipes e será disputada entre os dias 27 de novembro e 5 de dezembro, em Itajaí e Balneário Camboriú.

Anúncio

No evento do fim de semana, a equipe cadete conquistou o título de sua categoria, enquanto os times juvenil e adulto ficaram com a segunda colocação, perdendo as finais para os anfitriões. “Ficamos contentes com a participação das nossas equipes. Fizemos bons jogos e estamos otimistas para o Brasileiro”, destacou o técnico da FME/ADHC, Martinho Mrotskoski.

O comandante criciumense também ressaltou a boa organização do evento de preparação para a competição nacional. “Todos os protocolos foram seguidos, atletas testados e isolados. Só podíamos ir para o ginásio nos momentos em que jogaríamos, sendo todos de máscaras e utilizando álcool em gel. Isso é importante para a segurança dos envolvidos”, finalizou Mrotskoski.

 

Além dos bons desempenhos coletivos, o time criciumense teve destaques individuais. Lucas Salvador foi o destaque da categoria adulto, enquanto João Vitor Rosso foi destaque e artilheiro no juvenil e Juan Marcos artilheiro no cadete.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Já o time de basquete feminino da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma/Satc/Sociedade Recreativa Mampituba conquistou a terceira colocação no Estadual Sub-19. A competição foi realizada entre os dias 18 e 22 de novembro, em Porto União. Além de Criciúma, participaram do campeonato as equipes de Jaraguá do Sul, Florianópolis, Joinville e Porto União. O time criciumense venceu dois jogos e perdeu outras duas partidas.

A técnica da FME/Satc, Luana Scaini Minotto, ressaltou a importância da participação no evento em um ano atípico, marcado pela pandemia da Covid-19. “O resultado não foi o esperado, mas só de estar fazendo algo que gostamos, que é estar competição, jogando basquete, já valeu muito a pena, principalmente pelo ano que tivemos”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.