Espaço onde funcionava o Ministério do Trabalho poderá abrigar a Câmara

A nova sede do Legislativo de Criciúma foi pauta na manhã desta terça-feira, 28, entre vereadores, prefeito, e técnicos da Superintendência Patrimônio da União (SPU), na sala de atos, da Prefeitura. A intenção é de que o prédio seja oficializado no espaço onde funcionava o Ministério Público do Trabalho, no Parque Centenário. Para isso, o espaço seria reformado e ampliado.

A reunião entre vereadores e técnicos da SPU também já ocorreu em Florianópolis, assim como outros encontros com o Chefe do Poder Executivo, para tratar sobre o assunto. O superintendente do Patrimônio da União (SPU) do Estado, Carlos José Bauer, salientou que se faz necessário ver as condições do imóvel para a sua destinação ao município. “A partir do momento que terá o imóvel desocupado iniciam-se as tratativas para que se proceda essa parceria fazendo cessão gratuita ao Município para o uso da Câmara de Vereadores”, disse ele.

O presidente da Câmara de Vereadores, Julio Colombo (PSB), enfatizou que o local utilizado hoje, não representa a grandeza do povo de Criciúma e merece um Legislativo à altura. “Em conversa com o prefeito achamos que será um local apropriado em função também da acessibilidade”, disse Colombo, ressaltando ainda que o mais importante é que o custo da obra será muito inferior ao projeto original.

Para o prefeito, Clésio Salvaro, a proximidade entre os poderes legislativo, judiciário e executivo facilita a mobilidade e atribui mais um patrimônio ao município. “A Câmara precisa de um ambiente apropriado. Isso é uma necessidade”, destacou o prefeito.

Uma Comissão formada pelos vereadores Pastor Jair Alexandre (PSC), Miri Dagostim (PP), Aldinei Potelecki (PRB), Tita Beloli (MDB), Allison Pires (PSDB), e Zairo Casagrande (PSD), já foi formada e todos estão se reunindo constantemente. Também estiveram na reunião de hoje os vereadores Ademir Honorato (MDB), Toninho da Imbralit (MDB), e Paulo Ferrarezi (MDB).

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.