Encontrado motorista que atropelou e matou uma mulher em Criciúma

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

O autor do atropelamento que vitimou a jovem Edilane da Cunha Medeiros, de 26 anos, se apresentou na 1a Delegacia de Criciúma no começo da tarde desta segunda-feira, 12. A ocorrência foi registrada no começo da manhã deste domingo, 11, por volta das 6h, na rua Domenico Sonego, no bairro Santa Bárbara.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

De acordo com o delegado, Fernando Possamai, o motorista alegou que “não viu” Edilane. Além disso, o condutor – que tem 21 anos e é morador de Criciúma – informou que voltava de uma festa onde teria ingerido um copo de bebida alcoólica. “Ele disse que desviou de ‘algo’ na pista, perdeu o controle do veículo, bateu numa placa de trânsito, e que não viu a vítima”, completa Possamai.

A camionete Mitsubishi TR4 conduzida pelo rapaz foi apreendida e encaminhada para a perícia. A Polícia também busca mais vídeos de segurança na região do acidente para analisar a real velocidade da camionete. “Aquela rua a velocidade máxima é de 40 km/h. Vamos analisar se era essa mesma a velocidade”, pontua o delegado.

Outra questão é sobre provar se o condutor estava ou não sob efeito de álcool. “Passou muito tempo depois do acidente. Não tem mais como verificar em exame de sangue se ele estava ou não embriagado”, explica.

Caso o motorista for acusado de homicídio culposo, conforme o Código de Trânsito, ele pode pegar de dois a quatro anos de prisão. Já se as provas apontarem intenção de matar a pena pode variar de seis a 20 anos de cadeia, de acordo com o Código Penal.

Leia mais sobre a pauta:

[VÍDEO] Motorista atropela, mata uma mulher e foge do local em Criciúma

# atropelamento, #Criciúma, #ocorrência, #violência, acidente, crime, home_destaque, Investigação, morte, Polícia