Em Criciúma, Comissão da ACP do Carvão promove encontro com representantes da Amrec

Representantes terão prazo de dez dias para apresentar suas reivindicações

Um encontro, promovido pela Comissão Especial Temporária sobre a Ação Civil Pública do Carvão no Legislativo Criciumense, foi realizado na sede da Amrec, em Criciúma. O encontro aconteceu ontem, 9, quando os parlamentares apresentaram para autoridades dos 12 municípios da Amrec e de Capivari de Baixo os trabalhos realizados até o momento e discutiram encaminhamentos para recuperação dessas áreas.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Conforme o presidente da Comissão sobre a ACP do Carvão no Legislativo, vereador Márcio Dáros (PSDB) os representantes terão um prazo de dez dias para apresentar suas reivindicações. “Tivemos hoje os encaminhamentos da parte técnica do Siecesc e aí ficou definido que os municípios serão responsáveis por fazer uma avaliação das suas demandas e trazer no próximo encontro, porque cada cidade possui uma necessidade diferente”, explicou.

“É necessário discutir as ações e mecanismos que nós podemos fazer para resolver a situação. É uma ACP que já existe há 20 anos. A Justiça já determinou a recuperação e as empresas também possuem suas obrigações”, enfatizou o presidente da Amrec e prefeito de Orleans, Jorge Koch. “Os municípios perdem e a população também que não pode construir e empreender nessas áreas afetadas”, finalizou.

Um próximo encontro está previsto para ser realizado em dez dias. Estiveram presentes ainda o presidente do Sindicato Indústria de Extração Carvão de Santa Catarina (Siecesc), Márcio Cabral, o diretor técnico do Siecesc, Márcio Zanuz, e o ex-deputado estadual Ronaldo Benedet e o prefeito interino de Criciúma, Ricardo Fabris.

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.