Anúncio

Eleição sem cara de eleição

Sou do tempo que eleição era sinônimo de barulho, aglomeração, bandeiraço na Avenida. Eleição tinha que ter carreata, discursos inflamados e militância animada. Essa sinceramente não é a cara desta eleição. Primeiro porque há algum tempo, em função dos extremismos, as pessoas vem se desiludindo com a política, se afastando e isso é muito ruim para a democracia.
Mas é claro que esse não é o fator mais determinante. A culpa recai outra vez sobre a pandemia. Por conta dela, por medo do Covid-19, muita gente segue em casa. Muita gente se recusa receber os candidatos, muita gente se quer está ligada que tem eleição em 15 de novembro.

Em dias como hoje, fosse essa uma eleição normal, onde tivesse uma vela acessa para Nossa Senhora Aparecida teria um candidato pedindo voto. Fosse essa uma eleição normal, sábado na Nereu Ramos seria dia de muvuca e bandeiras de todas as cores. Não está sendo assim.

Anúncio

É de longe o pleito mais sem graça da história. Um clima morno que beneficia quem está a frente, que enfraquece o debate e que irá resultar provavelmente na maior abstenção da história. Tomara esse também não seja o clima que irá imperar nas futuras administrações a partir de janeiro.

No sindicato

Integrantes da Diretoria do Sindicato dos Mineiros de Criciúma estão questionando na Justiça um edital publicado pelo presidente da entidade que convoca para a realização de uma eleição para definir a Comissão Eleitoral. “Ele convocou uma assembleia e não contou para ninguém. Tinha prazo para respeitar e ele não respeito. Ele quer fazer ainda virtual e em ambiente que ele controla. Para participar a pessoa tem que fazer um pré-cadastro com 48 horas de antecedência. Dessa forma inviabiliza e é isso que estamos contestando”, explica o advogado Alexandre Barcelos João.

Tudo certo

Para o presidente do Sindicato o processo está dentro do que determina o estatuto do Sindicato. Segundo Djonatan Elias a convocação respeita o prazo mínimo de três dias. Ele também garante que a intenção é permitir que o Sindicato volte a ser atuante, já que ao longo dos últimos anos teve uma gestão amarrada.

Caso agora vai ser avaliado pela Justiça

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.