DIC de Criciúma identifica autor do áudio contendo ameaças contra alunos de colégio público da cidade

Uma bricadeira que não tem nada de divertida tem tirado o sono da comunidade escolar de Criciúma. Na tarde desta terça-feira, 30, um áudio contendo ameaças a um colégio público do município viralizou nos grupos das redes sociais. A mensagem encaminha via Whatsapp dizia que iriam invadir matar todos os alunos do Escola de Ensino Médio Sebastião Toledo dos Santos, o Colegião. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa intimou o suspeito que compareceu nesta quarta-feira, 31, na Divisão de Investigação Criminal (DIC) e confessou ter sido o autor do áudio.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

De acordo com o delegado André Milanese, J.H.B. de 18 anos, morador de Nova Veneza, alegou que enviou o áudio para um aluno do Colegião, durante uma discussão via aplicativo. “Disse o autor que jamais pretendeu concretizar as ameaças e que ‘falou apenas de boca pra fora’, não imaginando que seu áudio pudesse atingir a proporção que teve, razão pela qual logo na sequência enviou um segundo áudio desmentindo as ameaças”, relata o delegado

Acusado já fez outros trotes ameaçadores 

Não é de hoje que o rapaz faz tais “brincadeiras”. Meses atrás J.H.B. se envolveu em fato similar no Colégio São Bento, referente a uma postagem no Twitter realizada por outro aluno, que dizia que o acusado iria matar os alunos do colégio. O celular de J.H.B foi apreendido para ser periciado, sendo instaurado contra ele um Termo Circunstanciado pelos crimes de ameaça e falsa comunicação de crime.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.