DIC de Criciúma esclarece homicídio de suspeito de estupro de vulnerável

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma apreendeu dois adolescentes pelo homicídio de Antônio de Morais, 30 anos. O assassinato foi na noite da última segunda-feira, dia 8, no bairro HG (região da Quarta Linha).

Os dois rapazes foram a pé até a casa de Morais para “tirar satisfações” sobre o abuso sexual de um menino de quatro anos, também morador da comunidade. “Antônio teria ‘debochado’ sobre a denúncia e um deles sacou uma arma calibre .38 e alvejou a vítima com três tiros. Um acertou o rosto e os outros as costas da vítima”, explica o delegado da DIC, André Milanesi.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Os autores do homicídio eram moradores do Residencial San Diego, um condomínio popular que existe no bairro. Durante a manhã desta quarta-feira, 10, eles se apresentaram na delegacia. R.H.C., de 17 anos, e W.S.T., de 16 anos – acompanhados da advogada – confessaram a autoria do crime. “A versão apresentada pelos adolescentes confere com os informações e vestígios colhidos durante a investigação, havendo fortes indícios de que de fato foram os autores do homicídio, alegando os dois que o mataram para evitar que Antônio violentasse mais uma criança”, explica o delegado.

Os adolescentes foram liberados após a confissão e responderão procedimento policial perante a Delegacia da Mulher pelo ato infracional de homicídio qualificado por
motivo fútil e impossibilidade de defesa. R.H.C. não possui antecedente policial, enquanto que W.S.T. possui registro por tráfico de drogas.

#assassinato, #Criciúma, #ocorrência, #violência, home_destaque, Investigação, Polícia, Prisão