Deputada consegue prestar socorro aos hospitais catarinenses

Um dia após a deputada federal Geovania de Sá (PSDB), cobrar do secretário de saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, celeridade no repasse de mais de R$ 56 milhões que o Fundo Nacional de Saúde já havia transferido ao Fundo Estadual, a Secretaria do Estado da Saúde, emitiu ordem bancária para o pagamento do auxílio emergencial aos hospitais. Foram 55 dias de espera.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Relembre – A deputada foi acionada pela Associação de Hospitais de Santa Catarina (Ahesc), que informou que o repasse por parte do governo federal havia sido feito nos dias 25 de maio e três de junho, respectivamente, mas que, no entanto, ainda na última quarta-feira, nenhum hospital de gestão estadual havia recebido os valores.

De acordo com as portarias que dispõem sobre o auxílio financeiro emergencial às Santas Casas e aos hospitais filantrópicos sem fins lucrativos, que participam de forma complementar do Sistema Único de Saúde (SUS), fica estabelecido o prazo de cinco dias úteis, a contar do recebimento de cada parcela pelos Fundos Estaduais, Distrital e Municipais de Saúde, para que os gestores locais efetuem o pagamento do auxílio financeiro emergencial aos estabelecimentos de saúde.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.