Criciúma vence Avaí de virada e respira no catarinense

O Criciúma foi a Florianópolis na noite desta quarta-feira, 21, para pontuar no clássico contra o Avaí. E mesmo saindo atrás no placar, a equipe do técnico Argel Fucks conseguiu uma grande reação e virou a partida no estádio da Ressacada.

O jogo marcou a estreia de Fábio Ferreira pelo tricolor. O zagueiro chegou ao Criciúma nessa semana, e ganhou a posição no lugar de Nino, vetado pelo departamento médico. E o estreante queria mostrar para que veio, cabeceando com perigo logo aos três minutos após falta cobrada de Elvis. Mas o Avaí também tinha pressa, seis minutos depois Romulo aproveitou cruzamento de Guga e cabeceou forte para abrir o placar.

Trocando passes com facilidade no ataque, o Leão da Ilha chegou mais uma vez com Martinuccio, chutando forte no canto direito de Luiz. Sem reação, o Criciúma chegava à meta de Aranha apenas em bolas aéreas, mas sem sucesso.

Virada no oportunismo

As equipes voltaram para a segunda etapa sem substituições, e o goleiro Luiz precisou se esforçar logo aos sete minutos, após boa jogada de Getúlio, que tocou de letra para Romulo avançar e chutar forte. E pareceu que a defesa fez o Tigre acordar na partida. O tricolor respondeu com Sandro, de cabeça, mas o árbitro Bráulio da Silva Machado anulou por impedimento.

Sem desanimar, o Criciúma foi para cima e conseguiu a virada. Primeiro com Andrew, oportunista, aos 26 minutos aproveitando jogada de João Paulo. E aos 30 minutos com Lucas Coelho chutando de primeira novamente em jogada de João Paulo. O Avaí tentou o empate com Romulo, mas a zaga estava esperta e segurou a vitória por 2 a 1.

Com os três pontos fora de casa, o Tigre sobe para a sexta posição, se afastando da zona rebaixamento. Já o Avaí, em terceiro com 22 pontos ainda continua matematicamente na briga por uma vaga na final. Na 16ª rodada, o Criciúma enfrenta o Inter de Lages, no domingo, 25, às 16 horas no estádio Heriberto Hulse.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.