Criciúma tropeça diante do Brusque

Muito diferente dos quatro últimos jogos, o Criciúma comandado interinamente por Grizzo e auxiliado por Lalo, veio a campo com um sistema 3-6-1. Com Luiz; Nino, Jean Mangabeira  e Ianson; Carlos Eduardo, Barreto, Douglas Moreira, Elvis, Alex Maranhão e Andrew; João Paulo. Mesmo jogando melhor que nas últimas rodadas, o Tigre acabou derrotado pelo Brusque no estádio Augusto Bauer pelo placar de 2 a 1.

A motivação parecia maior, mas o Brusque, embalado, fez valer o mando de campo. Logo aos 6 minutos do primeiro tempo, Wilson Junior deu trabalho para a defesa tricolor. O atacante bateu no canto direito, o goleiro Luiz defendeu e no rebote salvou mais uma vez. Aos 34, em jogada trabalhada da equipe quadricolor, Ianson cortou mal e a bola sobrou para Rafinha abrir o placar para os donos da casa.

Mesmo com boa posse bola, o Tigre seguiu pecando nos desarmes. João Paulo cometeu falta em Wilson Junior e levou amarelo, na sequência o atacante cometeu nova falta. Apesar de muita reclamação por parte dos jogadores do Brusque que pediram o cartão vermelho, o árbitro Braúlio da Silva Machado deixou barato.

No intervalo, Grizzo colocou Mailson no lugar de Alex Maranhão, e o camisa 17 mostrou que quer continuar com a sua titularidade. Aos 12 minutos da segunda etapa, o atacante recebeu belo passe de João Paulo e bateu na saída do goleiro Dida, empatando a partida. O Criciúma melhorou a parte ofensiva, Elvis e novamente Mailson finalizaram com perigo, obrigando o goleiro do Brusque a espalmar.

Mas o Brusque continuou vivo na partida. Em nova falha da zaga, Rafinha assustou a meta de Luiz balançando a rede pelo lado de fora. Até que aos 31 minutos, Neguette acertou um chute de rara felicidade, sem chances para Luiz, foi o gol da vitória do Brusque sobre o Criciúma por 2 a 1.

O Criciúma ainda tentou o empate com novas investidas de Mailson, mas a noite era mesmo do goleiro Dida, que com ótimas defesas garantiu a vitória do Brusque. Wilson Junior ainda perdeu aquele que seria o terceiro gol da equipe da casa.

Com a derrota, o Tigre caí para a 9ª colocação, entrando na zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense. Já a equipe do técnico Pingo garantiu sua segunda vitória na competição, a primeira havia sido na rodada passada diante do Concordia por 4 a 2.

#Criciúma, campeonato catarinense, Catarinense 2018, Criciúma Esporte Clube, home_destaque, tigre