Anúncio

Criciúma só empata com São Bento fragilizado pela covid-19

Criciúma empatou sem gols com o São Bento, nesta segunda-feira, 26, em Sorocaba, pela Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo fora de casa, o resultado teve sabor de derrota diante dos problemas do adversário. Com 15 jogadores infectados pelo coronavírus, quatro lesionados e um suspenso, o time paulista teve, além dos 11 que começaram a partida, apenas um atleta no banco de reservas.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Anúncio

O São Bento tentou, sem sucesso, adiar o jogo. Em protesto diante da irredutibilidade da CBF, os atletas entraram em campo de máscara e só a tiraram na hora do apito inicial. A CBF alegou que jogadores machucados ou suspensos não entram na conta sugerida no protocolo.

“Hoje se escreve uma página triste no futebol brasileiro. Tenho vergonha de ser treinador” disse Edson Vieira, técnico do São Bento, antes do jogo, segundo o site GE.

Aos 38 do segundo tempo, um momento emblemático. Único reserva do São Bento, o goleiro Lucas Macanhan entrou em campo para jogar na linha, no lugar do atacante Coutinho.

Nem assim o Criciúma soube aproveitar. Pelo contrário. Aos 39 do primeiro tempo, o estreante Helder cometeu falta por trás em Erick Luis. Como já tinha cartão amarelo, o zagueiro foi expulso e deixou o Tigre com 10.

Sem organização, com pouca produção ofensiva, e ainda por cima com um jogador a menos em toda etapa final, o Criciúma saiu de Sorocaba com apenas um pontinho. O suficiente, porém, para terminar a 12ª rodada em quarto lugar no Grupo B, com 16 pontos, o que lhe garantiria a classificação à segunda fase.

No próximo domingo, o Criciúma recebe o Tombense, às 16h, no Heriberto Hülse. Confronto direto: o Tombense também tem 16 pontos e só perde a posição no G-4 pelo saldo de gols.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.