Criciúma realiza mais uma abordagem social em pessoas em situação de rua

Durante a iniciativa, foram realizadas novas testagens para Covid-19

Uma nova abordagem social aos moradores em situação de rua de Criciúma foi realizada nessa quinta-feira, dia 8, por uma força-tarefa, composta por diversos órgãos da cidade e liderada pela Secretaria de Assistência Social. As equipes percorreram novamente os arredores do bairro Pinheirinho e também a região central.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Durante a iniciativa, foram feitas aplicações de testes rápidos para a Covid-19, encaminhamentos para os equipamentos sociais ofertados pelo Município, concedido transporte para os locais de origem e também prestada assistência com eventuais conduções para tratamentos em saúde. Na oportunidade, a Secretaria de Assistência Social também realizou entrega de panfletos sobre a campanha “Não Dê Esmolas” e prestou orientações à população.

“Foi a nossa terceira abordagem nesses últimos dois meses e certamente teremos outras em breve. Nosso trabalho é dar encaminhamento e sugerir atendimento a todos que estão em situação de rua. Ficamos contentes também que dos setes testes aplicados, todos deram negativo e nenhum deles teve contato com o vírus”, destacou o secretário de Assistência Social e Habitação, Bruno Ferreira.

O trabalho é feito com a participação do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop). As abordagens são lideradas pela Secretaria de Assistência Social e Habitação, com parceria da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT), Polícia Militar, Divisão de Fiscalização Urbana (DFU) e Defesa Civil.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.