Criciúma empata e acende o alerta mais uma vez

O Tigre entrou em campo na noite desta sexta-feira, 16, no estádio Heriberto Hulse para se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense. Brusque e Criciúma vinham de empate na última rodada e estavam distantes por apenas três pontos na tabela de classificação, portanto, Argel considerava esse jogo como aquele de “seis pontos”.

Sem Mailson, vetado pelo Departamento Médico do clube, o ataque tricolor dependia de João Paulo, Zé Carlos e Andrew, e o primeiro ataque veio com João Paulo, aos 12 minutos, balançando a rede pelo lado de fora. Elvis também chegou com perigo após passe de cabeça de Zé Carlos, obrigando o goleiro Dida a espalmar. E em seguida, o próprio Zé Carlos deu uma de lateral e cruzou para Sandro na área, mas o zagueiro não alcançou.

O Tigre tocava a bola com facilidade no campo do adversário e tentava chegar ao gol através dos cruzamentos, e foi dessa forma que abriu o placar aos 30 minutos. Sueliton avançou pela direita e achou Zé Carlos na área, que completou de cabeça com a mesma categoria do cruzamento, fazendo Criciúma 1 a 0.

As duas equipes voltaram do intervalo sem alterações e o jogo ficou morno. Na primeira oportunidade do Brusque na partida, Carlos Alberto recebeu na entrada da área e chutou por cima da meta de Luiz. Os visitantes se animaram, e graças ao zagueiro Sandro, que salvou com o peito o chute forte de Rafinha, o empate não veio. Os jogadores chegaram a reclamar de penalidade, mas corretamente o arbitro Heber Roberto Lopes mandou seguir.

Em um lance que assustou a torcida, Luiz foi dominar um recuo de bola e deixou passar por baixo do pé, mas logo se recuperou. Na sequência, Zé Carlos recebeu sozinho no campo ofensivo, mas o goleiro Dida chegou primeiro  que o atacante para prensar a bola.

Empate amargo

Até que aos 44 minutos, já no apagar das luzes, Douglas Silva recebeu na área e bateu cruzado, no rebote do goleiro Luiz, o meia Luizinho completou para as redes, empatando a partida para a indignação dos mais de dois mil e quinhentos torcedores. O Criciúma tentou pela última vez com Andrew, mas o cabeceio  foi por cima. Fim de jogo, Criciúma 1, Brusque também 1. Com o empate, o Criciúma continua na sétima colocação com apenas 14 pontos somados. Na próxima quarta-feira, 21, o Tigre encara o Avaí, no estádio da Ressacada. Já o Brusque, que segue na sétima colocação com 17 pontos, joga em casa contra o Tubarão.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.