Criciúma: confira quais as infrações de trânsito mais comuns em 2020 e o local onde foram cometidas

Infrações foram registradas por sistema eletrônico, agentes da DTT e pela Polícia Militar

Ultrapassar o sinal vermelho, utilizar o telefone celular ao volante ou não utilizar o cinto de segurança. Por conta destas infrações de trânsito, muitos motoristas terão que pagar multas e irão perder pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em Criciúma. Segundo levantamento da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT), foram registradas em 2020, 93.808 infrações de trânsito no município, sendo a maioria cometida na Avenida Centenário.

Ao todo, foram registradas por equipamentos eletrônicos 74.118 notificações, sendo a principal delas: transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, enquadrada como infração média (4 pontos) e com a multa no valor de R$ 130,16.

Confira abaixo o ranking das cinco infrações de trânsito mais comuns registradas em Criciúma:

1º Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, infração média (4 pontos) e multa no valor de R$ 130,16

2º Avançar o sinal vermelho do semáforo, infração gravíssima (7 pontos) e multa no valor de R$ 293,47

3º Transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50%, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

4º Parar sobre faixa de pedestres na mudança de sinal luminoso, infração média (4 pontos) e multa no valor de R$ 130,16

5º Multa, por não identificação do condutor infrator, imposta à pessoa jurídica.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui.

Os agentes de trânsito da DTT foram responsáveis pelo registro de 2.468 autos de infração de trânsito, sendo que os cinco mais comuns foram:

1º Estacionar em desacordo com a regulamentação – estacionamento rotativo, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

2º Estacionar em desacordo com a regulamentação – vaga de curta duração, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

3º Estacionar no passeio, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

4º Estacionar local/horário de estacionamento e parada proibidos pela sinalização, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

5º Dirigir veículo manuseando telefone celular, infração gravíssima (7 pontos) e multa no valor de R$ 293,47

Já a Polícia Militar autuou 17.222 motoristas e as cinco infrações registradas com mais frequência foram as seguintes:

1º Deixar o condutor de usar o cinto segurança, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

2º Dirigir veículo manuseando telefone celular, infração gravíssima (7 pontos) e multa no valor de R$ 293,47

3º Conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado, infração gravíssima (7 pontos) e multa no valor de R$ 293,47

4º Dirigir veículo sem possuir CNH/PPD/ACC, infração gravíssima (7 pontos) e multa no valor de R$ 880,41

5º Deixar o passageiro de usar o cinto segurança, infração grave (5 pontos) e multa no valor de R$ 195,23

A falta de consciência dos condutores e a mobilidade urbana são os principais fatores para números tão expressivos de infrações de trânsito no município, segundo o gerente de Educação e Trânsito da DTT de Criciúma, Remerson Luiz Vicência. “Educar as crianças desde cedo já irá contribuir para um trânsito melhor. Já os adultos devem ter mais atenção as placas e sinalizações ao longo das vias” enfatiza Vicência.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo. Inscreva-se agora!

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.