Craque do futsal encerra carreira após vencer doença

O mundo do futsal possui um seleto grupo de heróis que guardam seus nomes na história da modalidade. Um desses personagens é Dovenir Domingues Neto, ou somente Neto. O mineiro de 36 anos tem seu nome marcado não só por marcar o gol do título da Copa do Mundo de 2012, na Tailândia, faltando apenas 19 segundos para o término da partida contra a Espanha, o que lhe rendeu a Bola de Ouro FIFA. Mas sim por ter vencido o maior adversário de sua grandiosa carreira, o câncer. Na última semana, o jogador anunciou que estará encerrando sua carreira e irá contar sua trajetória em palestras.

Neto comemorando o gol do título da Copa do Mundo de 2012 contra a Espanha, faltando apenas 19 segundos para o fim da decisão.

Neto descobriu um tumor no cérebro em janeiro de 2017, quando jogava no Cazaquistão. O fixo sofreu uma convulsão durante um treino do seu clube, o Kairat Almaty, e após realizar exames descobriu a doença. Semanas depois foi operado e os médicos descobriram outro tumor, agora no pulmão do jogador. Com todo o apoio dos familiares, amigos e jogadores do Brasil e do mundo, o defensor realizou o tratamento e conseguiu vencer a maior batalha de sua vida. Em seu Instagram, Neto comemorou a cura. “Saibam que recebi a maior benção da minha vida, corria o risco de perder a fala e os movimentos do meu lado direito, mas graças a Deus estou com todos os movimentos intactos”, agradeceu.

Através de seu Instagram, o jogador agradeceu todo o apoio recebido durante seu tratamento.

Após anunciar que voltaria ao futsal, o fixo foi contratado em julho pelo Sorocaba do craque Falcão. Pelo clube, os dois foram campeões da Liga Paulista. Após o término do contrato e apesar de ter recebido propostas de clubes do Brasil e da Europa, Neto decidiu na última semana que seus dias de jogador profissional acabaram.

Eleito três vezes melhor fixo da Liga Nacional em 2002, 2004 e 2011. Melhor fixo da Liga Espanhola de 2008. E com 165 jogos pela Seleção Brasileira, sendo o melhor jogador da Copa América 2011 e conquistado a Copa do Mundo de 2012 marcando o gol do titulo e escolhido o melhor do torneio, agora, o atleta irá escrever uma biografia contanto toda a vitoriosa trajetória no esporte e se dedicará a contar sua história em suas palestras. Segundo sua assessoria de imprensa, um jogo de despedida está marcado para julho, em Uberlândia.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.