Cooperaliança tem a quinta energia mais barata do Brasil

Com os reajustes nas tarifas de energia elétrica de 16 cooperativas, homologadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Anee) a Cooperaliança reafirma sua colocação no ranking brasileiro entre as mais baratas do país. A Aliança foi a primeira distribuidora do sul de Santa Catarina a passar pelo processo e deve subir mais uma posição no próximo mês, quando haverá nova votação.

Desde o dia 29 de agosto as faturas de baixa tensão (grupo B – residencial) possuem tarifa de R$0,429 kWh e as unidades consumidoras de alta tensão (grupo A – indústrias) pagam de acordo com o grupo tarifário em que se enquadram, bem como nas demais classes. “Os consumidores continuarão sentindo o impacto positivo no bolso com o valor praticado pela Cooperaliança. Se estamos apresentando uma tarifa barata pelo segundo ano consecutivo é conquista de todos, por meio da equipe administrativa e técnica que se empenhou para fazer justiça”, frisou o presidente Jorge Rodrigues.

O gerente administrativo Reginaldo de Jesus ressaltou o benefício para os mais de 37 mil consumidores de Içara, Balneário Rincão, Jaguaruna e Araranguá. “Isso é prova de que a conquista não foi momentânea e sim uma luta que continuará gerando economia por muito tempo. Queremos seguir batalhando de igual forma para que, todos os dias, os consumidores tenham orgulho do serviço e valor pago por ele”, finalizou o gerente administrativo Reginaldo de Jesus.

Confira o ranking oficial em www.aneel.gov.br

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.