Comdema escolhe vencedores do concurso de histórias em quadrinhos

A estudante Larissa Matignago, do 9º ano da Escola Municipal Jorge Biff, de Vila São Jorge, foi a vencedora do concurso de histórias em quadrinhos lançado pela Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (Famsid) em parceria com o Governo Municipal. A escolha da melhor história foi feita durante reunião do Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema) e além de Larissa, outros dez trabalhos serão premiados, incluindo a segunda colocação, que também ficou com o 9º ano da escola de Vila São Jorge, por meio da aluna Eduarda dos Santos Goulart. As histórias em quadrinhos foram desenvolvidas diretamente nas cartilhas distribuídas pela Famsid em junho deste ano, durante as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente.

“Siderópolis já sofreu muito com a degradação ambiental e nesse processo de recuperação, a participação das crianças e dos jovens é fundamental. Além de representarem nosso futuro, eles ainda acabam sendo os propagadores da informação nas ruas e em suas casas”, destacou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão, explicando que concursos dessa natureza funcionam como incentivadores.  Como premiação todos os estudantes que participaram do concurso ganharão medalhas e a primeira colocada, além de troféu, terá sua história publicada e distribuída em toda rede escolar de Siderópolis. A escola e a sala de aula também receberão troféus pela conquista.

“A difusão das informações nas escolas surte efeito em todas as áreas e em toda comunidade. A fundação vem trabalhando muito na educação ambiental, com foco na reciclagem. Aos poucos a cidade vai ganhando uma nova roupagem”, explicou a presidente da Famsid, engenheira Franciele Ancelmo Ferreira, acrescentando que a cidade possui inclusive um mascote da reciclagem chamado Reciclópolis.

Ampliação da coleta seletiva

Durante o encontro com os membros do Comdema o prefeito Alemão também destacou a necessidade de ampliação da coleta seletiva na cidade. Atualmente o recolhimento é feito todas as sextas-feiras pela equipe do Cirsures, mas o objetivo do prefeito é aumentar os dias para coletar e também as comunidades atendidas. “Com todo esse trabalho feito nas escolas é necessário ampliarmos a coleta seletiva até que todo o município seja atendido”, afirmou o prefeito, que já estuda a colocação de um veículo próprio para aumentar o recolhimento do lixo reciclado.

Você também pode gostar

Entre no nosso grupo do WhatsApp e seja atualizado em tempo real.