Com mais de 600 páginas, inquérito policial sobre denúncias contra APAE de Lauro Müller é concluído

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

Depois de meses de trabalhos e investigações a Polícia Civil de Orleans concluiu o inquérito sobre denúncias envolvendo a APAE de Lauro Müller. Com mais de 600 páginas, o material indicia seis pessoas. De acordo com o delegado do caso, Ulisses Gabriel, as investigações começaram em junho de 2019 e que culminou com o afastamento em dezembro passado de dois suspeitos das funções públicas.

As denúncias estavam ligadas a possibilidade de abusos realizados por pessoas da instituição contra alunos. Neste caso, esses suspeitos estariam realizando coerção durante o tal processo referente as acusações. Além disso, foi constatado outros crimes sendo realizados pelos suspeitos, tais como, desvio de remédios controlados, uso indevido de gasolina por carros particulares, entre outros crimes.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Foram indiciados por: coação no curso do processo, injúria racial, peculato desvio, peculato apropriação, inserção de dados falsos em sistema de informação pública e tráfico de medicação controlada.

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo

#inquérito policial, Orleans, Polícia Civil, segurança

Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo
Repasse para seus amigos utilizando os links abaixo